Portadores da Luz Interior

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Portadores da Luz Interior

Mensagem por Garou em Qua Dez 24, 2008 2:13 am


Portadores da Luz Interior


Klaital Starcatcher veio dos confins do mundo com uma visão de harmonia, palavras de sabedoria e respostas a muitas perguntas. Nos dias do Impergium, ele (ou ela; as lendas divergem) entrou em desespero. A Wyrm havia tomado os nobres Garou; seus corações estavam ardendo de ódio e o sangue manchava suas mãos. Klaital descobriu as sementes da sabedoria numa estrela dentro de si mesmo, mas muitos Garou recusaram-se a ouvi-lo. Aqueles que concordaram, renunciaram às suas tribos e seguiram os ensinamentos de Klaital, um caminho que conduzia ao equilíbrio no íntimo de cada um. Esses Garou, conhecidos como Portadores da Luz Interior, ainda preferem a solidão, mas se recordam de seu propósito e de seu juramento para com Gaia. Assim, eles peregrinam pelo mundo levando sua verdade, embora sabendo que ninguém irá ouvi-los.

Os Portadores da Luz são filósofos, proponentes de enigmas e solucionadores de mistérios. Seu totem, a quimera, é chamado de A Dama de Muitas Faces e o Espelho Escuro. Nenhum outro lobisomem, nem mesmo os Filhos de Gaia possuem tal controle sobre sua Fúria e suas feras interiores. Colocando de lado preocupações passageiras como vingança, tradição e possessões materiais, os Místicos cultivaram uma serenidade desconhecida aos outros Garou. Em sua glória, eles e criação tornaram-se um só. Ironicamente, por se concentrarem tanto em si mesmos, eles se afastaram daquilo que os Garou deveriam ser. A tribo é lamentavelmente pequena; acredita-se que existam menos de 500 Portadores, e muitos desses são convertidos de outras tribos. Embora tenham alcançado um estado mais elevado, os Portadores da Luz perderam um elo vital com seus antepassados. Ao renunciarem às matilhas, renunciaram ao lobo interior. A despeito disso, a tribo descobriu muitas novas trilhas para a harmonia e a consciência. Seus Dons preparam o corpo e o espírito para a adversidade. Sua arte marcial, o Kailindô, combina as cinco formas e a Fúria num gracioso, mas eficiente, estilo de luta. Os Portadores até consideram a possibilidade de equilíbrio entre a mente e a Fera, entre a busca pela paz e a necessidade da guerra. Eles evitam as armadilhas da civilização e desprezam os filhos da cidade, os Andarilhos do Asfalto e os Roedores de Ossos, por sua dependência da carne. Entretanto, eles exerceram, através de sua razão e seu exemplo, um impacto duradouro nos outros Garou. O que os filhos de Gaia alcançaram mediante ativismo, os Portadores conseguiram pela introspecção.

A trilha interior para a harmonia não enfraqueceu a combatividade dos Portadores da Luz; eles são idealistas, e não lutadores. Quando é preciso combater, eles lutam com competência e bravura. Mas esses Garou não buscam a guerra pela guerra, como fazem os Crias de Fenris. Eles simplesmente a aceitam como um fato da vida. Se um inimigo parece regenerável, os Portadores tentarão derrotá-lo sem infligir-lhe danos permanentes. Caso enfrentem um lacaio da Wyrm ou outra ameaça maligna, eles o varrerão da face de Gaia.

Não existe uma hierarquia formal entre os Portadores. Costuma-se respeitar as opiniões de todos os membros da tribo, embora as palavras dos anciões possam ter um peso maior. Alguns deles congregam-se em enclaves coletivos em monastérios devido a compartilharem alguma filosofia; esses grupos, porém, costumam ser temporários. Os Portadores tendem a trabalhar por conta própria. Eles se juntam a matilhas para lhes emprestar sabedoria e as deixam assim que a tarefa é completada. O Portadores médio é um indivíduo que incita constantemente os colegas de matilha a buscar suas verdades interiores e o esplendor inefável da Mãe; nem sempre escutam, mas o azar é deles.

Totem da Tribo: Quimera

Força de Vontade Inicial: 5

Antecedentes: Os Portadores da Luz não podem comprar Aliados, Fetiches ou Recursos.

Dons Iniciais: Equilíbrio, Sentir a Wyrm.

Físico: Muitos Portadores são originários de rebanhos do Extremo Oriente. Contudo, alguns possuem ascendência européia ou africana. A pelugem desses graciosos Garou varia do cinza listrado ao negro, embora muitas vezes seja levemente azul. A maioria deles são lobisomens esguios e quase todos irradiam uma aura tangível de serenidade.

Território: Os Portadores preferem as cercanias do mundo conhecido, vagando de lugar em lugar em busca de verdades maiores e espalhando sabedoria. Muitos provêm do Extremo Oriente, mas viajam para qualquer parte.

Protetorado: Aqueles que lutam por iluminação e conscientização são os protegidos favoritos desta tribo. Os Portadores da Luz costumam cruzar com parias e vagabundos que vivem nas profundezas das regiões selvagens. Embora sejam cuidadosos quanto ao que ensinam, esses Garou costumam compartilhar suas idéias com humanos de valor.

Citação: Para derrotar a Wyrm exterior é preciso enfrentar primeiro a Wyrm interior.

Garou
Admin
Admin

Mensagens : 98
Data de inscrição : 23/12/2008

Ver perfil do usuário http://lobisomens-apocalise.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum