Além dos Fomoris ?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Além dos Fomoris ?

Mensagem por Beaumont em Ter Mar 14, 2017 6:33 pm

Drones

Drones são o resultado da fusão de espíritos da Weaver com humanos em Lobisomem: O Apocalipse. Como os fomori, tal possessão é definitiva e molda o corpo do hospedeiro de formas irreversíveis. Os drones são um acontecimento relativamente novo, sendo notados apenas no final do século XX. Servos da ordem absoluta vêm se mostrando completamente efetivos quanto aos planos da Weaver, sendo um pequeno exército sem empecilhos como individualismo ou vontade própria. O que não é exatamente um consolo, já que o hospedeiro mantem a lucidez, ainda que não esteja no controle…
Diferentemente dos Malditos, que infectam humanos em momentos de fraqueza, os Drones são criados quando humanos já inclinados às características da Weaver ouvem o SomÚnico, a transmissão espiritual entre os espíritos da Weaver. Quando o humano se abre ao som, os espíritos da Weaver o tomam, reconstruindo o ser em algo totalmente novo, num processo chamado Clarificação. Esse processo busca extirpar o hospedeiro de qualquer fraqueza ou falha que possa atrapalhar em sua nova missão.
Talvez um traço assustador dos Drones seja o fato de que eles não mudam exteriormente, parecendo-se exatamente com o que eram antes da Clarificação – se você desconsiderar as pequenas falhas físicas evanescendo, como pequenas cicatrizes ou marcas de nascimento. O Drone é uma criatura muito mais rápida, forte, melhor. Mas abre mão de qualquer traço de humanidade nesse processo, não sendo visto nem como um ser vivo.
Esses novos seres ganham um conjunto de habilidades para ajudar em suas tarefas para a Tecelã, e dependem do espírito que se fundiu ao hospedeiro, e à própria tarefa.
Algumas habilidades já reportadas são:

  • Capacidade de absorver dano
  •  Imunidade ao Delírio
  • Regeneração. Um Drone é capaz de se curar com a mesma velocidade de um metamorfo.


Compre o Possessed

Tipos de Drones

Controle de dano: Um Drone pode ter muitas tarefas, em geral ligadas com o progresso e a ordem que a Weaver tanto aprecia. Mas o mais comum deles parece ser aquele Drone enviado a lugares com o propósito específico de controlar o dano causado ao Véu, não permitindo aos humanos que vejam além dele e abram-se ao caos trazido pela revelação.
Empilhadores de tijolos: Esses Drones exercem seu poder tornando a Película mais resistente, evitando que espíritos indesejados a cruzem – ou aqueles magos querendo criar desordem…
Soldados: Um Drone soldado geralmente tem a missão de defender uma Teia em especial, ou guardar um caern importante para a Weaver. Apesar de lutadores poderosos, são raros, e geralmente não tão bons quanto os Lobisomens.
Servidores: Servidores não parecem fazer muito do exterior – cascas vazias e silenciosas, quando vistas por outros humanos, os Drones servidores são responsáveis pela comunicação entre os espíritos da Weaver e da rede locais e guardando quantias insanas de informação.
Imutáveis: Esses pobres hospedeiros costumavam ser metamorfos. LobisomensCoraxGurahlAnanasi. E por algum motivo, acabam seduzidos pela Weaver a tal ponto, que se tornam vítimas fáceis para o SomÚnico. Seu nome vem do fato de que esses ex-metamorfos não conseguem mais mudar de forma, existindo eternamente na forma na qual passaram pela Clarificação.
Os metamorfos não são o único grupo que pode se tornar alvo da Weaver, no entanto. Há notícia de vampiros e mesmo magos que se deixaram seduzir pelo SomÚnico. Nesses casos, os vampiros deixam de poder usar suas Disciplinas ou seu sangue para se fortificar, mas ainda necessitam do sangue como alimento. No caso de magos, a Weaver “conserta” sua necessidade por mais conhecimento, tornando impossível aumentar seu Arete ou Esferas atuais.
A Weaver eventualmente toma antigos Drones e os “re-tece”, melhorando seus poderes e características, e, em alguns casos, evitando que os Drones mais antigos decidam procurar por mais autonomia.
Essa busca por autonomia nos Drones é rara, mas pode surgir: Mesmo em tais criaturas estáticas, um ciclo imutável pode se tornar um inferno…


Fonte: Possessed
Autora: Emi
Revisora: Eva





http://livrodosespelhos.com/


Última edição por Beaumont em Ter Mar 14, 2017 6:38 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Beaumont
Admin
Admin

Mensagens : 212
Data de inscrição : 03/01/2009
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Além dos Fomoris ?

Mensagem por Beaumont em Ter Mar 14, 2017 6:34 pm

Górgonas

As Górgonas são um caso delicado de influência da Wyld, podendo existir de duas formas. Uma delas é como criaturas geradas diretamente pela Wyld, tecendo a matéria a partir do nada, as Górgonas exogênicas. A outra forma de uma Górgona surgir é a fusão de um espírito Wyldling com um hospedeiro pré-existente. Essa fusão não acontece apenas em carne, mas também na própria essência: diferente dos fomoris, que lutam constantemente com sua metade Maldita, ainda que apenas por direito de ter opinião, uma Górgona se torna uma criatura harmoniosa, sem brigas entre suas partes.
As Górgonas que surgem da fusão de um espírito com uma criatura e são sempre resultados de hospedeiros animais ou plantas, jamais seres humanos. Outro fator curioso é o de que há chances também de desfazer a possessão, forçando o espírito a deixar o hospedeiro. Górgonas realmente doentes são deixadas para trás, e doenças como câncer ou leucemia canina são problemas grandes demais para que o Wyldling continue habitando o corpo. Por outro lado, as Górgonas dificilmente adoecem. Enquanto um Wyldling jamais possuirá um animal ou planta realmente doente, aqueles animais ou plantas possuídos terão uma saúde incrível, fazendo com que as chances de doença caiam drasticamente. Nesse caso, apenas forçar algum tipo de doença parece ser uma forma de acabar com a dita possessão.

Limiares

Limiares são lugares onde a energia da Wyld pode se manifestar mais livremente através das rachaduras da Tellurian, permitindo que os Wyldlings atravessem para a Terra. Essas áreas surgem onde a Película já é fina, como o coração de uma floresta. Infelizmente, os Caerns tendem a existir em tais pontos, o que faz com que os Garou entrem em conflito com essas áreas.

Abscessos

Abscessos são o resultado de um Caern tão completamente tomado pelas forças da Wyld que se torna um lugar alien para os próprios Garou, rico em manifestações de Górgonas, Wyldlings e outras coisas impossíveis de se descrever.

Compre o Possessed

Tipos de Górgonas

Embora seja difícil – ou impossível – catalogar as criações da Wyld, alguns dos raros casos de encontro entre lobisomens e Górgonas são descritos, e levam à tentativas de divisão. Essas divisões são feitas a partir de características em comum, e não de objetivos.
Górgonas Elementais: Criadas a partir da fusão de um elemental da Wyld e uma criatura (ou uma Górgona exogênica), as Górgonas elementais demonstram poderes capazes de remoldar os elementos da própria realidade, seja com fogo, água, vento ou a própria terra.
Nereidas: Nereidas são uma das Paixões encarnadas, o desejo por criação através da reprodução. As nereidas atraem machos através do instinto, induzindo um frenesi de luxúria para que consigam assim reproduzirem-se com eles. Esse ato torna a Wyld mais forte, além de ter resultados interessantes, sobretudo se o macho atraído for de uma raça metamórfica. O resultado de tais uniões, parido pela Nereida em um Limiar, é a ligação entre Gaia e a Wyld, um metamorfo-górgona. Esses metamorfos são o símbolo da mistura de carne e espírito, estranhos e selvagens. Esses metamorfos-górgona apresentam o mesmo comportamento impossível de ser traduzido das outras Górgonas, mas podem representar o exército dela no Apocalipse.
Pés de Poça: Pés de Poça são a manifestação encarnada do desejo de Mudança. Desde o momento de seu surgimento, o Pé de Poça leva a mudança e o caos consigo, tentando fortalecer a Wyld através de atos e pensamentos. Os Pés de Poça buscam fazer o mesmo com o mundo, expandindo sua influência para outras criaturas e mesmo pessoas. Mudam o tempo todo de tática, e acreditam que no momento em que deixarem de se manifestar e agir começarão a calcificar, e assim servir à Weaver.
Recuperadores: Essas Górgonas atacam em lugares onde as representações da Wyrm ou da Weaver sejam fortes demais, agindo como a fúria ou a vingança da Wyld. Altamente destrutivos, só param quando seu objetivo de destruição é cumprido, seguindo para a próxima fonte de emanação forte o suficiente da Wyrm ou da Weaver.
Sangreal: Essas Górgonas são sempre exogênicas e criadas para cumprir uma tarefa extremamente específica. A duração dessa tarefa, no entanto, pode variar imensamente. Pode ser algo que dure um mínimo de tempo e esforço, ou uma tarefa que leve anos para ser cumprida. Quando essa tarefa chega ao fim, a Górgona volta para a Umbra, para não mais ser vista na Tellurian.
Tommy Knockers: Essas curiosas Górgonas são sempre exogênicas e especializadas em lidar com os humanos. Sua missão é preservar a Wyld e suas criações na Tellurian, incitando o temor do “desconhecido” e das coisas imprevisíveis nos humanos, assim como o respeito à Wyld.

Mas e por que as Górgonas surgem?

Porque sim. Por que a Wyld quis. Por que o dia estava azul, e a grama verde. Por que um passarinho comeu duas minhocas ao mesmo tempo, enquanto um cachorro tentava morder o próprio rabo. Oras! Triangular as intenções da Wyld é uma tarefa impossível! No entanto, há notícias de que as ações da Wyld vêm demonstrando estrutura e estratégia, o que pode provar que a Wyld é capaz de aprender – ou talvez esteja sucumbindo ao poder da Weaver
avatar
Beaumont
Admin
Admin

Mensagens : 212
Data de inscrição : 03/01/2009
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum