ARNBJØRG - Cria de Fenrir - Hominideo - FICHA APROVADA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ARNBJØRG - Cria de Fenrir - Hominideo - FICHA APROVADA

Mensagem por Blodtørstige Warg em Qua Set 10, 2014 5:34 pm

Personagem: ARNBJØRG | Jogador: Blodtørstige Warg | Nome Garou:Blodtørstige Warg
Tribo: Cria de Fenrir............... | Raça: Hominideo.... | Augúrio: Ahroun
Campo : ............................ | Natureza: Valentão. | Comportamento: Predador
Posto: Filhote ..................... | Totem: Lobo Fenrir | Matilha: Voktere av Månen
_______________________________________________________________________
Características:
Nacionalidade: Norueguês (Natural de Bergen) | Idade: 24 (Idade aparente: 24 anos)
Cabelos: Castanho claro.. | Olhos: Castanho claro | Sexo: Masculino

Hominídeo:... 1,95m................. 105kg
Glabro:...... 0,00m................. 000kg
Crinos:...... 0,00m................. 000kg
Hispo:....... 0,00m................. 000kg
Lupus:....... 0,00m................. 000kg
_______________________________________________________________________
Atributos

Físicos (7)
............Homid....Glabro....Crinos....Hispo.....Lupus
Força:..... 04 .... (+2) 06 . (+4) 08 . (+3) 07.. (+1) 05
Destreza:.. 04 .... (+0) 04 . (+1) 05 . (+2) 07.. (+2) 07
Vigor:..... 04 .... (+2) 06 . (+3) 07 . (+3) 07.. (+2) 06

Especializações: Robustez

Sociais (3) & Mentais (5)
Carisma:.... 01 ......| Percepção:... 03
Manipulação: 02 ......| Inteligência: 02
Aparência:.. 03 ......| Raciocínio:.. 03

Especializações:
_______________________________________________________________________
Habilidades

Talentos (13)........| Perícias (9)......... | Conhecimentos (5)
Prontidão:....... 03 | Empatia c/Animais: 02 | Computador:.. 00
Esportes: ....... 02 | Etiqueta:......... 00 | Enigmas:..... 00
Briga:........... 03 | Condução:......... 00 | Investigação: 02
Esquiva:......... 02 | Armas Brancas:.... 03 | Direito:..... 00
Empatia: ........ 00 | Armas de Fogo:.... 00 | Linguística:. 01 (Norueguês, Inglês)
Expressão:....... 00 | Liderança:........ 00 | Medicina:.... 00
Intimidação:..... 02 | Performance:...... 00 | Ocultismo:... 02
Inst. Primitivo:. 03 | Reparos:...........00 | Politica:.... 00
Manha:........... 00 | Furtividade:...... 02 | Rituais:..... 00
Lábia:........... 00 | Sobrevivência:.... 02 | Ciência:..... 00

_______________________________________________________________________
Antecedentes

Vida Passada:4
Totem:2
_______________________________________________________________________
Dons

Resistência à Dor (Tribo)
Garras Afiadas (Augurio)
Odor de Ser Humano (Raça)
_______________________________________________________________________
Rituais

Nome do Ritual (Nivel)
_______________________________________________________________________
Fúria (Perm): 05 .| Gnose (Perm): 03 ..| Força de Vontade (Perm): 03
Fúria (Temp): 05 .| Gnose (Temp): 03 ..| Força de Vontade (Temp): 03
_______________________________________________________________________
Renome:

Glória (Perm): 02 .| Honra (Perm): 01 ..| Sabedoria (Perm): 00
Glória (Temp): 02 .| Honra (Temp): 01 ..| Sabedoria (Temp): 00
_______________________________________________________________________
Cicatrizes de Batalha:
=>
_______________________________________________________________________
Qualidade:

Visão Lupina (1)

Defeitos:

Pais Insistentes (2)
Caçado (3)

_______________________________________________________________________


Fraquesa Tribal: Intolerância (Covardia).

Spoiler:


Gasto de PB:

Destreza (Atributo) +2 (10 PB).
Gnose + 2 (4 PB).
Vida Passada (Antecedente) +1 (1 PB).
Instinto Primitivo (Talento) +2 (4 PB).
Visão Lupina (Qualidade) +1 (1 PB).

_______________________________________________________________________

História do Personagem:

Eu nasci em Bergen, no final dos anos 80. Não há muito o que falar da minha infância. Eu era filho único. Bergen era uma cidade pacata e muito bonita. Eu gostava de brincar com os outros garotos nos bosques, florestas e cemitérios locais. Eu e meu grupo de amigos sempre fomos fascinados pela antiga religião do nosso país, assim como pelo nosso passado, pelo nosso povo e pelas lendas vikings. Éramos verdadeiros patriotas, por assim dizer. Quando não estávamos lendo antigos contos da mitologia nórdica, estávamos brincando de luta nos locais já mencionados. Eu sempre adorei ficar em contato com a natureza, e felizmente era algo fácil de se fazer na minha cidade. Não era movimentada como Oslo, então nós podíamos brincar muito do lado de fora. Consequentemente o nosso físico acabava por ficar mais saudável, já que diferente das crianças de hoje, não éramos sedentários. Eu era muito preocupado com a minha saúde. Eu gostava de uma boa carne, como todo mundo, mas nunca exagerava nas gorduras e nas outras porcarias que faziam mal. Além disso, eu me exercitava bastante correndo e levantando pesos. Fora isso, não tenho nada demais para falar. Eu era um bom aluno, ia bem nos estudos e meus pais sempre foram ótimos comigo. Eles nunca me maltrataram, e sempre foram muito presentes. Meu pai trabalhava muito, mas mesmo assim era raro vê-lo mal humorado ou cansado demais para passar um tempo com o filho dele. Eles também não tinham do que reclamar de mim. Eu era um bom garoto, estudioso, ativo e preocupado em me desenvolver fisicamente, mentalmente e espiritualmente. Vez ou outra eu aprontava das minhas, como toda criança, mas nunca dei trabalho para os meus pais, tampouco fiz algo que fosse vergonhoso ou decepcionante aos olhos dele. Tudo ocorreu bem até a minha primeira mudança...

Era noite de lua cheia. Naquela época eu tinha dezesseis anos. Eu estava com a minha namorada em um ponto de ônibus. Nós estávamos voltando para casa quando cruzamos com alguns idiotas do colégio em que nós, ela e eu, estudávamos. Eram três babacas da minha idade que não gostavam de mim, e eu não gostava deles, é claro. Eles começaram a me incomodar. Eu mandei eles se foderem e cairem fora, mas eles começaram a pegar pesado na zoação e isso me irritou demais. Tudo explodiu quando um dos idiotas tocou o cabelo da minha namorada. Eu só lembro que parti para cima dele e apaguei.

Eu acordei algumas horas depois, com um sujeito estranho do meu lado. Eu estava nu, com sangue na boca e nas mãos, e estava no velho cemitério onde costumava brincar com os meus amigos de infância. Levantei querendo saber que porra tinha acontecido. O cara me disse para eu ficar calmo. Disse que se chamava Erling  e me contou o que tinha acontecido. Ele disse que eu me transformei, que eu matei os três moleques e que a minha namorada fugiu aterrorizada. No começo eu não acreditei, é claro, e achei que todo aquela conversa era alguma loucura de algum doente homossexual que abusou de mim enquanto eu estava desmaiado. No entanto, ele se transformou na minha frente, e por alguma razão, eu não fugi. Não havia mais motivos para ceticismo depois de ver aquele homem-lobo de três metros na minha frente. "Você fez merda, garoto. A primeira mudança é sempre assim, turbulenta. As pessoas viram, e a polícia está atrás de você. Se você quiser se safar, venha comigo".

Erling me levou até a tribo, até o caern. Era uma floresta tão linda que se podia sentir a pureza com grande facilidade. Lá ele me ensinou a litania, me ensinou sobre os dons, sobre luna, as tribos e tudo o que eu precisava saber. A minha aptidão física chamou a atenção, e a tribo começou a me treinar para ser o guardião do caern. Os treinamentos eram brutais, assim como o meu ritual de passagem fora. No entanto, aprendi muito com eles, principalmente a lutar, a manusear armas brancas, a entrar em sintonia com os espíritos e combater a Wyrm, não importava como ou onde. Não foi difícil aceitar essa nova vida. Não foi fácil desistir dos meus pais e da minha namorada. Foi melhor assim. Anos ao lado das Crias de Fenrir me tornaram um guerreiro implacável. Aquele garoto gentil e comunicativo estava morto. Eu havia me tornado duro, frio, brutal e incansável, exatamente como um verdadeiro guerreiro deve ser. Meus cabelos e minha barba cresceram muito, e nada agora me fazia diferente dos antigos vikings dos contos que lia. Eu era um guardião do caern, e tinha uma grande responsabilidade. Eu não podia vacilar. Não havia lugar para sentimentalismo. Tornei-me completamente intolerante com covardia, e apesar de ser um filhote, consegui alguma "moral" entre os meus irmãos após derrotar alguns vampiros. Claro, eu não tive a oportunidade de enfrentar um dos antigos, os "cascas grossas", mas isso me rendeu certo renome. Erling nunca achou que eu me tornaria um garou tão típico, por assim dizer. Na verdade ele me subestimou, mas no final eu surpreendi ele. Me tornei exatamente o que eu sou: um lutador, um brutal guerreiro de gaia, usando a fúria da mater luna unicamente para uma coisa: caçar e destruir os agentes fétidos da Wyrm. Minha sede de batalha e minhas habilidades me renderam a alcunha de Blodtørstige Warg. Isso, em nossa língua, significa "Grande Fera Sanguinária".

Claro que nem tudo ocorrera tão bem como eu gostaria. Eu desisti dos meus pais, mas eles não desistiram de mim. Depois do incidente e do meu sumiço, eles andam até hoje organizando buscas e contratando detetives particulares para me encontrar. Como se isso não fosse problema o suficiente, um daqueles idiotas que eu matei era filhinho de papai, literalmente. O pai dele é um sujeito muito influente e poderoso, e quer vingança. Ele contratou um certo Alexander, uma espécie de caçador de lobo neurótico, para conseguir a minha cabeça. Eu já topei com ele algumas vezes, e tenho de admitir que ele sabe ser um pé-no-saco. Mas no final, não importa. Gaia me escolheu, e eu combaterei seus inimigos a todo custo, não importa que obstáculos estejam à frente. Eu honrarei a minha matilha, sempre. Em nome dos voktere av månen (guardiões da lua), eu lutarei até cair!
avatar
Blodtørstige Warg

Mensagens : 171
Data de inscrição : 06/09/2014
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ARNBJØRG - Cria de Fenrir - Hominideo - FICHA APROVADA

Mensagem por Akira Toriyama em Sex Set 12, 2014 1:16 am

Cara, sua ficha agora está de acordo. Vou apagar o primeiro post pra evitar futuras confusões Com quem form consultar sua ficha. Agora é torcer pra chegar mais jogadores pra gente conseguir uma matilha. Se quiser chamar alguns amigos do fórum de vampiro pra jogar, fica à vontade. o/
avatar
Akira Toriyama
Avaliador de Ficha

Mensagens : 492
Data de inscrição : 25/03/2010
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ARNBJØRG - Cria de Fenrir - Hominideo - FICHA APROVADA

Mensagem por Blodtørstige Warg em Seg Set 15, 2014 2:12 pm

Akira Toriyama escreveu:
Cara, sua ficha agora está de acordo. Vou apagar o primeiro post pra evitar futuras confusões Com quem form consultar sua ficha. Agora é torcer pra chegar mais jogadores pra gente conseguir uma matilha. Se quiser chamar alguns amigos do fórum de vampiro pra jogar, fica à vontade. o/

Beleza e valeu! Assim que abrir una crônica aqui, me dá um toque!
avatar
Blodtørstige Warg

Mensagens : 171
Data de inscrição : 06/09/2014
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ARNBJØRG - Cria de Fenrir - Hominideo - FICHA APROVADA

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum