Aurora - Anderson Von Korbacki

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Alexwalker em Sex Mar 02, 2012 5:17 pm

Fátima escreveu:— Estava sonhando, Stroller? As coisas aqui são um pouco diferente. Influenciamos muito no comportamento e na mente humana, e como você tem um lado humano, acho que acabou sofrendo um pouco dos efeitos. Lorén me contou sobre a sua decisão, e eu acho que você foi sábio. Eu conheço espíritos de Gemini e ele se dá melhor do que eu com espíritos de Scorpio. Vamos ao norte primeiro.
-- Realmente, mas é muito diferente, foi como seu eu tivesse uma visão... alguem conhecido... mas realmente a intensidade é outra..

* Stroller se limpava um pouco, desamassando a roupa e tentando realmente despertar *
"Cuidado... então devo tb ter cuidado com as informações que eu passo... vamos entender melhor quem são os nossos amigos e o que este sonho significou... depois se precisar vc fala algo..."

* Depois deste pequeno minuto de silêncio Stroller levantava a cabeça com uma expressão mais sorridente e falava à Fátima *
-- Bem, se temos alguem que poderá ser o interlocutor, já temos a nossa missão.. encontrar um par de gêmeos disposto a entrar em batalha e conversar com um cara que tem o costume de matar o seu salvador... vc já ouviram o conto do escorpião e o elefante??...rsrsrs

* Olhava para a planice a frente olhando os acampamentos e lembrando da visão da planice que tivera quando chegaram ao local... *
-- Por onde devemos começar??


----
"May the road rise up to meet you.
May the wind always be at your back.
May the sun shine warm upon your face,
and rains fall soft upon your fields.
And until we meet again,
May God hold you in the palm of His hand."
-An Old Irish Blessing

- - - -
OFF - Descrição de Ações: -- Falas em ON / "Pensamentos" / *Ações* / Comentários em OFF / Stroller (Ficha)
avatar
Alexwalker
Andarilhos do Asfalto
Andarilhos do Asfalto

Mensagens : 497
Data de inscrição : 08/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Akira Toriyama em Dom Mar 04, 2012 5:58 pm

Inimigo das Sombras

Spoiler:
Ids rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 6 para rugir que resultou 7, 10, 2 - Total: 2 Sucessos

O Uktena rugiu, tentanto imitar o leão. O rugido saiu quase perfeito, e serviu para intimidar alguns malditos. No entanto, eles continuavam vindo.

Na frente de todos, o leão saltou e com uma patada, derrubou um maldito. Outros dois conseguiram se desvencilhar para vir em direção a Inimigo das Sombras, que em sua forma Crinos, se preparava para lutar.

Spoiler:
Ids rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para bater em um maldito que resultou 10, 4, 4, 1, 4, 4, 4, 3 - Total: 0 Sucessos
Maldito rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para esquivar que resultou 6, 7, 3, 1, 6 - Total: 2 Sucessos

No entanto, alguma coisa deu errado. O maldito era consideravelmente rápido, e conseguiu se esquivar facilmente das garras de Inimigo das Sombras. Ele então se preparou para atacar.

Anubis

Sim. — disse Shanti. — Você está em um reino umbral que personifica os doze signos zodiacais. Eu sou um espírito de Libra.

Ela andou por alguns segundos, olhando para todos os lados. Como o santuário era aberto, proporcionava ao Peregrino uma visão ampla e magnífica do local.

Me diga, Anubis, porque você está aqui? — perguntou ela, de costas para ele.

Anderson

— Realmente, mas é muito diferente, foi como seu eu tivesse uma visão... alguem conhecido... mas realmente a intensidade é outra..

Pode ser que fossem lembranças. — comentou Lorén. — As possibilidades são inúmeras.

— Bem, se temos alguem que poderá ser o interlocutor, já temos a nossa missão.. encontrar um par de gêmeos disposto a entrar em batalha e conversar com um cara que tem o costume de matar o seu salvador... vc já ouviram o conto do escorpião e o elefante??...rsrsrs

Fátima franziu a testa.

Nunca ouvi este conto. Essa coisa de ensinamentos por conto é mais típico de Libra. Mas você poderia me agraciar contando-o para nós enquanto caminhamos. Agora vá para quatro patas, de preferência sua forma mais rápida. Vamos demorar algum tempo.

Anderson passou para Hispo. Fátima se pôs a correr na frente dos dois. Passaram horas até que atravessassem por completo a planície, encontrando vários acampamentos e alguns bandos de Sagittarius. Todos estavam munidos com arcos parecidos com o que Fátima tinha.

Na medida que deixavam as terras do Fogo, o clima ia ficando um pouco mais ameno. Uma brisa fresca começou a soprar quando um grande rio marcou o início das terras do Ar. Stroller bebeu um pouco da água do rio, sentindo-se revigorado para continuar a viagem. Passaram por uma ponte, e depois de mais alguns minutos de caminhada por uma floresta, o Andarilho avistou uma grande cidade que se estendia diante dele.

Spoiler:

De longe aquilo lhe lembrava muito uma cidade da Grécia antiga. Muitos espíritos transitavam pela cidade, sempre aos pares.

Aqui são as terras de Gemini. — contou Fátima, e se virou para Lorén. — Acho que você conhece quem estamos pensando em chamar.


Última edição por Akira Toriyama em Ter Mar 06, 2012 3:01 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Akira Toriyama
Avaliador de Ficha

Mensagens : 492
Data de inscrição : 25/03/2010
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Alexwalker em Seg Mar 05, 2012 11:15 pm

*Enquanto caminhava em hispo Stroller olhava para os dois e comentava *
-- Primeiro Fátima, tenho uma correção a fazer.. no conto do escorpião, o animal muda, mas o correto realmente é um sapo... eis o conto
"Um dia, o escorpião olhou pela montanha onde vivia e decidiu mudar. Então ele começou uma jornada pelas florestas e colinas. Ele escalou sobre as rochas e sob as vinhas e continuou andando até encontrar um rio. O rio era amplo e forte, então o escorpião parou para pensar na situação. Ele não conseguia encontra nenhum caminho para cruzar o rio. Então ele correu e checou rio abaixo, sempre pensando que ele deveria voltar.

De repente, ele viu um sapo sentado às margens do córrego, do outro lado do rio. Ele decidiu pedir ao sapo ajuda para atravessar a correnteza.

“Olá senhor Sapo!” chamou o escorpião através da água, “Você poderia ser amável e me dar uma carona em suas costas para eu cruzar o rio?”

“Bem, senhor Escorpião! Como eu sei que se eu tentar ajudá-lo, você não vai tentar me matar?” perguntou o sapo hesitante.

“Porque” respondeu o escorpião. “Se eu tentar te matar, então eu morreria também, como você pode ver eu não posso nadar!”

Agora parecia fazer sentido para o sapo. Mas ele perguntou. “E quando eu ficar perto do banco de areia? Você poderia ainda tentar me matar e voltar para a terra!”

“Isso é verdade”, concordou o escorpião. “Mas então, eu não seria capaz de chegar ao outro lado do rio!”

“Muito bem, então, como é que eu sei que você não vai esperar até chegarmos ao outro lado e, em seguida, me matar?” disse o sapo.

“Ahh…” murmurou o escorpião.”Como você vê, uma vez que você tenha me levado para o outro lado do rio, eu vou ser muito grato pela sua ajuda, que não seria justo te recompensar com a morte, não é?!”

Então, o sapo concordou em pegar o escorpião do outro lado do rio. Ele nadou para o outro lado e senteu sobre a lama pra pegar seu passageiro. O escorpião subiu pelas costas do sapo, suas garras se prenderam ao couro macio do sapo, então o sapo mergulhou no rio. A água enlameada cercava eles, mas o sapo ficado tão perto da superfície que o escorpião não se afogaria. Ele se impulsionou com força ao longo da primeira metade da correnteza, suas patas deslizavam selvagemente pela correnteza.

Na metade do caminho pelo rio, o sapo repentinamente sentiu uma ferroada em suas costas e, pelo canto dos olhos, viu o escorpião remover o ferrão de suas costas. Um entorpecimento mortal começou a fluir por seus membros.

“Seu tolo!” murmurou o sapo, “Agora vamos morrer os dois! Porque você fez isso?”

O escorpião lamentou e disse: “Eu sou um escorpião. É a minha natureza.”

Então, ambos afundaram na água enlamecida do rio."


* Por fim chegavam no rio e stroller com sede bebia agua *
"beber agua em Hispo... o que a sede não faz... juro que vou usar uma mochila daqui pra frente com um copo...rsrs"

* Caminhava para a ponte observando a cidade que se aproximava *
-- Temos que respeitar as caracteristicas de scorpio, mas nem por isso mudar quem somos por causa dele... mesmo que possamos levar uma ferroada, devemos tentar ajudar... o importante é aprender qual será a melhor forma de ajudar... e se gemini por sua dualidade for a melhor pessoa para falar com eles.. melhor... quero conhecer esta dupla...rsrs

---Mas será que não tem um casal de duas italianas ou irlandesas disponiveis para um andarilho sanar a saudade de sua amada??

* Ria brincando com o fato de uma cidade de gemêos *


----
"May the road rise up to meet you.
May the wind always be at your back.
May the sun shine warm upon your face,
and rains fall soft upon your fields.
And until we meet again,
May God hold you in the palm of His hand."
-An Old Irish Blessing

- - - -
OFF - Descrição de Ações: -- Falas em ON / "Pensamentos" / *Ações* / Comentários em OFF / Stroller (Ficha)
avatar
Alexwalker
Andarilhos do Asfalto
Andarilhos do Asfalto

Mensagens : 497
Data de inscrição : 08/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Anubis em Qua Mar 14, 2012 4:04 am

Anubis olhava o lugar se maravilhando com que pode ter acesso " uau isso e imprecionante !"
ao ouvir-la o mesmo se aproxima da mesma assim respondendo emquanto olhava ainda o lugar
- eu estava em missão mas algo me chamou ea mãe coruja me mostrou esse caminho e aqui estou, acredito que precisa de mim.
Acredito que quando eu voltar serei bem recebido pelo o caen e terei historias
avatar
Anubis
Peregrinos Silenciosos
Peregrinos Silenciosos

Mensagens : 89
Data de inscrição : 20/05/2010
Idade : 26
Localização : RJ- rio de janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por monstroloko em Sab Mar 17, 2012 8:17 pm

Rosnando de furia Inimigo continua seu ataque com suas garras.

#gastar 2 de furia pra atacar 3 vezes#




Morte ao tédio!
ficha-Luke Crow
ficha-Barus
OFF _  Descrições  _-Minhas Falas-_  #Ações#
avatar
monstroloko
Admin
Admin

Mensagens : 504
Data de inscrição : 12/10/2010
Idade : 31
Localização : niteroi

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Akira Toriyama em Sab Mar 17, 2012 9:20 pm

Anderson

— Vou ter que te decepcionar, Stroller. — disse Fátima. A dupla que estamos procurando não se encaixa no seu gosto.

Ela e Lorén riram enquanto começavam a adentrar a cidade. Para o Andarilho, era fácil reconhecer a arquitetura como sendo típica da Grécia Antiga. Os espíritos que andavam pela cidade eram bem variados, mas quase todos com aparências típicas do Mediterrâneo, assim como as roupas comuns daquele período.

Se não estivesse na Umbra, Anderson poderia jurar que tinha voltado no tempo em uma cidade grega habitada somente por gêmeos. Eles andavam por todos os lados, assumindo funções completamente humanas: mercadores, ferreiros, guerreiros e até mesmo alguns eruditos que ensinavam em algumas áreas ao ar livre. Era incrível como aqueles espíritos podiam ser tão próximos dos humanos.

O trio caminhou até um lado mais tranquilo, onde não haviam muitos espíritos. Perto de algumas árvores, estavam dois espíritos que pareciam treinar. Eram dois meninos na casa dos dez anos. Ambos tinham os cabelos negros e bagunçados. Um deles segurava uma espada grega e o outro um cajado. Quando perceberam a presença dos visitantes, pararam e ficaram olhando.

Olá, meninos. — cumprimentou Fátima. — Lembram-se de mim?

Claro, Fátima. — disse o da espada.

Não poderíamos esquecer. — completou o do cajado.

A centauro se virou para Anderson e Lorén.

Rapazes, estes são Actor e Adnos, espíritos de Gemini. Meninos, estes são Stroller e Lorén, meus amigos.

Ela mau terminou de falar e os dois garotos começaram a olhar para Stroller, com olhos claramente curiosos.

Você é um Garou? — indagou Actor, se aproximando.

De que tribo você é? — perguntou Adnos.

E seu augúrio?

Você sabe algum dom?

Anderson começava a se sentir atordoado com a cascata de perguntas que os dois começavam a despejar sobre ele. Talvez aqueles dois fossem uma boa coisa para a missão. Ou não.

Inimigo das Sombras

Primeiro, o Maldito deu uma risada esganiçada. Depois, ele avançou com as garras a mostra, desferindo um golpe que atingiu o braço do Ahroun. No entanto, em sua forma Crinos, o Uktena quase não sentiu a dor. O corte logo se fechou, e o Maldito começou a se afastar.

O lupino deu um salto e girou no ar, atingindo suas garras no espírito da Wyirm, que foi atingido em cheio, abrindo suas defesas e dando a ele uma oportunidade para mais um golpe. Tomado pela Fúria, Inimigo das Sombras segurou sua lança e deu um golpe, atingindo o Maldito no estômago e puxou-o para mais perto, cravando suas garras em sua garganta. O Maldito se dissolveu numa nuvem de poeira negra e fétida.

Mais dois malditos vinham em sua direção.

Anubis

— Se você está aqui, não é a toa, Anubis. — disse ela. — Todos aqueles que vêm para cá tem um motivo. Todos buscam alguma coisa. Acredito que o seu caso seja o mesmo. Me diga: o que te traz aqui?

O Peregrino Silencioso pensou em responder. No entanto, um estrondo fez com que ambos olhassem para o horizonte, de onde vinha uma grande nuvem negra. Anubis sabia que eram malditos.

— Nosso reino está em perigo, Anubis. — disse ela. — Precisamos de toda ajuda possível.

----------

Inimigo das Sombras

Fúria: 5/8
Gnose: 7/7
Força de Vontade: 8/10


Última edição por Akira Toriyama em Qua Mar 21, 2012 3:50 pm, editado 3 vez(es)
avatar
Akira Toriyama
Avaliador de Ficha

Mensagens : 492
Data de inscrição : 25/03/2010
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por monstroloko em Sab Mar 17, 2012 11:12 pm

Inimigo-das-Sombras começa a deixar sua furia guiar seus movimentos, e logo sua visao começa a se turvar e sua fera interior a rosnar. A todo tempo ele se lembra de manter o controle, para nao se tornar um perigo para amigos e inimigos igualmente.

O maldito mais proximo avança e e ataca. O garou nem tenta se defender, seu objetivo é simples: destroçar o inimigo, nao importa o custo. As garras do monstro afundam em sua carne, espirando sangue e fazendo o espirito delirar em seu divertimento profano. Porém o garou nem sentiu o golpe e logo em seguida pulou sobre ele. Presas arreganhadas em um sorriso brutal, garras a mostra prontas para o seu trabalho sangrento... a luta nao durou muito. Varios golpes em questao de segundos e o monstro virou fumaça.

Saindo brevemente de seu estado de furia o lupino olha ao seu redor, tentando ter ideia de como a situaçao esta... sera que seus aliados estao conseguindo se defender?? Ele nota seu ferimento cicatrizando, e da um leve sorriso. Isso melhora muito suas chances nessa luta.

#observar,+2pts de Furia pra atacar duas vezes(onde houver amigo enrascado de preferencia)#

off: akira, imagino que observar ao redor va me custar uma acao. Se nao for custar pode usar pra mais ataque.




Morte ao tédio!
ficha-Luke Crow
ficha-Barus
OFF _  Descrições  _-Minhas Falas-_  #Ações#
avatar
monstroloko
Admin
Admin

Mensagens : 504
Data de inscrição : 12/10/2010
Idade : 31
Localização : niteroi

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Alexwalker em Ter Mar 20, 2012 12:23 am

Fátima escreveu:— Vou ter que te decepcionar, Stroller. — disse Fátima. A dupla que estamos procurando não se encaixa no seu gosto.
--Non costa nulla chiedere... afinal esperança e a ultima que morre...

*Ria e caminhava observando atentamente a cidade *
-- Agora sei da onde tiraram a inspiração para Troia e outros filme da Iliada... incrivel este lugar... é uma mescla de atenas, sparta e todas as cidades gregas.... magnifico

* Caminhava observando as pessoas e seus costumes, e nota que estavam se distânciando.
Quando finalmente entende onde estava, observava os garotos treinando *
"Tenho que lembrar que são espiritos e a forma nem sempre representa o poder e idade deles... mas crianças de 10 anos na batalha não é algo muito motivador..."

* Observava Fátima conversar com eles e acenava ao ser apresentado... contudo o que veio a seguir deixou meio ressabiado, a enxurrada de perguntas e os olharem inquisidores e curiodos deles, mas sorrindo lhes falava *
-- Olha Actor e Adnos, sou Stroller, Theurge Cliath dos Andarilhos do Asfalto e membro da Seita do Inverno.

-- Sim sou um Garou e é um prazer conhece-los...rsrs

-- Acredito que teremos bastante a conversar e com o tempo poderei sanar a curiosidade de vocês na quest que se aproxima.. afinal eu, Lórem e Fátima ainda temos muito o que caminhar e bastente tempo para conversar por enquanto... mas é melhor deixar Fátima fazer o convite formal, certo??...rsrsrs


----
"May the road rise up to meet you.
May the wind always be at your back.
May the sun shine warm upon your face,
and rains fall soft upon your fields.
And until we meet again,
May God hold you in the palm of His hand."
-An Old Irish Blessing

- - - -
OFF - Descrição de Ações: -- Falas em ON / "Pensamentos" / *Ações* / Comentários em OFF / Stroller (Ficha)
avatar
Alexwalker
Andarilhos do Asfalto
Andarilhos do Asfalto

Mensagens : 497
Data de inscrição : 08/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Akira Toriyama em Qua Mar 21, 2012 4:07 pm

Anderson


— Ola Actor e Adnos, sou Stroller, Theurge Cliath dos Andarilhos do Asfalto e membro da Seita do Inverno.

— Sim sou um Garou e é um prazer conhece-los...rsrs

Os dois meninos fizeram uma expressão de claro desapontamento.

Theurge? Andarilho do Asfalto? — disse Actor, cutucando o chão com a ponta da espada. Stroller se perguntou se era seguro deixar uma arma daquelas na mão de uma possível criança — Eu queria que fosse um Cria de Fenris Ahroun.

Theurges são legais! — exclamou Adnos — Mas eu queria que fosse um Uktena.

Atrás dele, Fátima e Lorén abafaram as risadas. O Theurge se virou para eles, não gostando muito daquela conversa.

Os Andarilhos não estão muito em alta por aqui, pelo jeito. — disse Lorén, casualmente.

Meninos, eu vim convidá-los para uma missão com Stroller. Ele veio parar aqui bem na hora que uma horda de malditos atacou nosso reino, e os anciões precisam de ajuda para reforçar as barreiras. — disse Fátima. — Querem nos acompanhar?

Vou poder bater em malditos? — perguntou Actor.

Posso fazer meus truques de cajado? — foi a vez de Adnos perguntar.

Fátima aquiesceu para os dois.

Legal! — disseram em oníssono. — Os anciões só reclamam que fazemos bagunça, agora vamos em uma missão de verdade!

A última fala não foi a mais tranquilizadora da conversa.

Inimigo das Sombras


Com uma rápida olhada em volta, Inimigo das Sombras percebeu que os espíritos estavam se saindo bem. O leão combatia cinco malditos de uma vez, o humano parecia fazer coisas estranhas com seu vaso, o caranguejo tinha um maldito preso entre suas garras e o touro corria contra um pequeno grupo de espíritos da Wyrm. E ainda haviam os dois malditos que estavam vindo em sua direção.

Ele se preparou, segurando a lança com as duas mãos. O primeiro bateu suas asas de morcego e avançou com as garras expostas. Fez uma manobra estranha e cravou suas garras no ombro do Ahroun. Sangue começou escorrer, e pela visão periférica, o Uktena percebeu o segundo se aproximando, o que significava que dentro de segundos ele teria mais um para se preocupar, e agora as garras começavam a lhe causar dor.

Com a lança na mão livre, Inimigo das Sombras desferiu um ataque que atingiu a asa esquerda do maldito. Ele gritou de dor e parou de voar, ficando dependurado no braço do Garou. O peso de seu corpo acabou forçando a carne do Uktena, que o viu cair no tapete de nuvens levando consigo um bom pedaço de pele e um punhado de pêlo. O Ahroun urrou de raiva e cravou a lança na garganta do maldito, fazendo-o se transformar em uma nuvem de poeira. Mais um pouco e seu braço esquerdo estaria inutilizado. Sua sorte era estar em Crinos, o que possibilitava um tempo de cura muito maior que o comum.

OFF: Seu personagem está meio preso por um deles. Não rolei nenhuma ação sua porque preciso que você determine qual dos dois vai atacar primeiro. O primeiro está agarrado ao ombro dele, e o segundo está chegando perto, com um possível ataque de garras. Se quiser, me manda a definição por MP que eu edito aqui mesmo.

-------
Inimigo das Sombras

Fúria: 5/6
Gnose: 7/7
Força de Vontade: 8/10


Última edição por Akira Toriyama em Dom Mar 25, 2012 5:21 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Akira Toriyama
Avaliador de Ficha

Mensagens : 492
Data de inscrição : 25/03/2010
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Anubis em Qui Mar 22, 2012 11:48 pm

Esse olha para ela e responde sem pensar no que estava ali
- Vamos lá para não ser tarde demais
avatar
Anubis
Peregrinos Silenciosos
Peregrinos Silenciosos

Mensagens : 89
Data de inscrição : 20/05/2010
Idade : 26
Localização : RJ- rio de janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por monstroloko em Dom Mar 25, 2012 2:11 pm

Inimigo-das-Sombras urra de dor ao re um belo pedaço de seu braço arrancado, porém sua furia o faz capaz de ignorar a dor e sua forma crinos ajuda a diminuir o dano. Num rapido movimento sua lança incandescente atravessa o maldito que se torna pó na mesma hora.

O estranho tapete de nuvens normalmente atiçaria a curiosidade do Uktena, mas nesse momento ele so pensa em livrar a face de Gaia desses horrores que a Wyrm criou.

Vendo o outro ser avançando ele se controla como pode pra nao partir pra cima dele e o destroçar... ele se lembra de lutar proximo de seus companheiros. Entao ele aguarda o maldito com sua lança e furia prontas.

#Gastar mais dois de furia, 3 ataques de lança quando o bicho chegar em mim#




Morte ao tédio!
ficha-Luke Crow
ficha-Barus
OFF _  Descrições  _-Minhas Falas-_  #Ações#
avatar
monstroloko
Admin
Admin

Mensagens : 504
Data de inscrição : 12/10/2010
Idade : 31
Localização : niteroi

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Alexwalker em Qui Mar 29, 2012 12:23 am

* Stroller estava um pouco sem jeito com o teor da conversa, mas queria dar uma de melhor que esperado *
-- Bem, Actor, realmente combate não faz parte da minha tribo e nem do meu augurio, mas me pergunto se você tivesse a chance de conhecer um cria que não aceitam rendição e mesmo um treino pode ser um combate mortal... se ficaria feliz em ter de matar ou ser morto só para melhorar suas habilidades...rsrsrs

-- E você Adnos... os uktenas são conhecidos como grandes misticos, mas são mais conhecidos por não dividirem seus segredos com ninguem... ao contrario do que prega a minha

-- Uma pena que decepcionei vocês, minha futura matilha tem um samurai e uma Fianna, que não gosta muito da minha pessoa, mas eles adorariam treinar com vocês e contarem histórias e os acontecimentos do mundo garou... se tiverem interesse, depois podemos conversar...


* Ouvia o comentário de Loren, mas não olhava para o amigo... era melhor não rir depois da fala toda...

Depois disso ouvia Fátima os convidando e a resposta deles...
Os anciões só reclamam que fazemos bagunça, agora vamos em uma missão de verdade!
*Se aproximava da Fátima e falava *
-- Como assim?? Da onde você conhece esta dupla de GlassWalker haters???


----
"May the road rise up to meet you.
May the wind always be at your back.
May the sun shine warm upon your face,
and rains fall soft upon your fields.
And until we meet again,
May God hold you in the palm of His hand."
-An Old Irish Blessing

- - - -
OFF - Descrição de Ações: -- Falas em ON / "Pensamentos" / *Ações* / Comentários em OFF / Stroller (Ficha)
avatar
Alexwalker
Andarilhos do Asfalto
Andarilhos do Asfalto

Mensagens : 497
Data de inscrição : 08/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Akira Toriyama em Seg Abr 09, 2012 5:24 pm

Stroller

Fátima deu uma risada ao ouvir a pergunta.

Eles não odeiam Andarilhos. Só têm ideias meios esteriotipadas dos Garou. São jovens, Stroller, dê um desconto. Eu os conheci há um tempo atrás, quando as brincadeiras deles os levaram quase para fora do reino. Os espíritos mais jovens não têm permissão de sair daqui até estarem poderosos o suficiente, e mesmo assim a maioria decide ficar. Eu estou quase chegando na hora de decidir se fico ou não aqui.

Ele notou que apesar de serem espíritos, eles eram extremamente ligados aos humanos. Tinham organização política, regras e regiões correspondentes a culturas diferentes na terra. Provavelmente não veria algo parecido tão cedo.

Stroller, você disse que é Andarilho, não é? — perguntou Actor. — Isso significa que você usa armas de fogo?

Lorén riu e se aproximou.

Vamos descer para as terras de Scorpio. Até lá você vai poder fazer uma palestra sobre armas de fogo a eles.


Inimigo das Sombras

O Uktena resolveu esperar que o maldito viesse para cima. Fingindo cansaço, ele deu confiança ao maldito, que achava que ia encontrar um Garou já ferido e cansado da luta. No entanto, não era exatamente isso que acontecia.

O maldito se aproximou sem pensar duas vezes. Era o que Inimigo das Sombras queria. No momento em que ele atacou, ficou frágil. Era como se o mundo parasse para que ele realizasse o ataque. Estendeu a lança, sentindo sua Fúria atingir altos graus. O maldito acabou encontrando a ponta da lança, ficando empalado por ela, soltando um grito agonizante. Não demorou para que ele virasse pó.

Nesse momento, os remanescentes dos invasores começaram a bater em retirada. O humano cm a jarra lançou um ataque a distância que os derrubou. De sua nuvem, o Uktena viu os malditos caírem no espaço infinito, transformando-se em pequenas manchas brancas no céu.

A batalha terminara. Por enquanto.

Anubis

Shanti o levou até uma das grandes janelas do Santuário. Dali, era possível ver vários lugares. Alguns se pareciam com cidades, outros eram apenas regiões selvagens. O espírito de Libra fez um gesto, abrandindo toda a paisagem.

Nosso reino não é muito grande. — contou. — Divide-se em quatro regiões baseadas nos quatro elementos e doze sub-reinos, cada um correspondente a um signo. Essa região que vemos agora é a região do Fogo, lar de Leo, Sagittarius e Aries.

Lá embaixo, Anubis percebeu que a região tinha vários tipos de terreno, começando com uma planície de relva baixa que logo mais se tornava uma savana. Ao leste, mais perto de um rio, havia uma região um pouco mais irregular, com várias colinas.

Tem alguma pergunta?

-------
Inimigo das Sombras

Fúria: 5/6
Gnose: 7/7
Força de Vontade: 8/10
avatar
Akira Toriyama
Avaliador de Ficha

Mensagens : 492
Data de inscrição : 25/03/2010
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por monstroloko em Sab Abr 21, 2012 1:08 pm

A batalha termina e o garou olha do alto da nuvem em que se encontra tem a incrivel visao do infinito logo a baixo engolindo os malditos que caem. Um calafrio percorre sua coluna ao pensar na queda, porém ha muito no que pensar e ele nao da mais atençao ao destino de seus inimigos.

Inimigo-das-Sombras se vira e ve seus estranhos aliados, ele se lembra dos theurges contando sobre as trocas de favores entre os espiritos, e percebe que ele tem de retribuir o favor que recebeu ao ser salvo... e pode acabar ganhando ainda mais com essa troca... sua mente logo se enche de perguntas.

Sou Inimigo-das-Sombras, cliath, uktena, lupino e guerreiro. Quem sao voces, a quem devo agradecer a ajuda nessa luta que parecia o fim da minha jornada?




Morte ao tédio!
ficha-Luke Crow
ficha-Barus
OFF _  Descrições  _-Minhas Falas-_  #Ações#
avatar
monstroloko
Admin
Admin

Mensagens : 504
Data de inscrição : 12/10/2010
Idade : 31
Localização : niteroi

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Anubis em Ter Abr 24, 2012 4:29 am

Anubis olhava meio imprecionado com o lugar ouvindo a mulher lego se depara com a pergunta
- Bem estava em missão para me juntar ao um grupo... mais só não entendo como vim parar aqui.. sabe é tantas perguntas..esse se sentia meio confuso por ter tantas perguntas

OFF: nuss fiquei tanto tempo sem postar que ja esquesi o que era pra mim fazer ._.'
avatar
Anubis
Peregrinos Silenciosos
Peregrinos Silenciosos

Mensagens : 89
Data de inscrição : 20/05/2010
Idade : 26
Localização : RJ- rio de janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Alexwalker em Ter Dez 09, 2014 5:54 pm

[OFF]Jogador Cara de Pau, voltando depois de mais de 1 ano (na verdade 2) e vamos continuar isso ai...kkk[/OFF]

*Olhava para os dois sorrindo*
- Sim, normalmente uso uma arma de fogo, *mostrava sua glock * mas elas são do outro lado da telluriam e com isso, não funcionam aqui..rsrs.

- Vamos andando, e pensem que armas de fogo, são realmente interessantas, mas muito perigosas. Com a evolução, elas podem hoje destruir uma vila inteira em um único ataque de fogo. E tb alguns malditos poderosos se valem delas para corromper a mente e a terra


*Olhava caminhando com o grupo *
"Agora temos que ver como as armas e o plano de ataque.. o mistico é o do cajado... vamos instigar as coisas"

- Mas alem das armas de fogo... temos que dissimular e iludir nossos inimigos. Como smos prototeres das fronteiras.. brincar com eles, cansa-los ainda mais.. e por fim... encerrar o combate tendo o mínimo esforço, com o maximo de efetividade... rsrs
Isso é um desafio a parte.


----
"May the road rise up to meet you.
May the wind always be at your back.
May the sun shine warm upon your face,
and rains fall soft upon your fields.
And until we meet again,
May God hold you in the palm of His hand."
-An Old Irish Blessing

- - - -
OFF - Descrição de Ações: -- Falas em ON / "Pensamentos" / *Ações* / Comentários em OFF / Stroller (Ficha)
avatar
Alexwalker
Andarilhos do Asfalto
Andarilhos do Asfalto

Mensagens : 497
Data de inscrição : 08/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Akira Toriyama em Ter Dez 09, 2014 6:55 pm

Spoiler:

OFF: Cara, essa foi surpresa total. Faz dois anos que a aventura parou, mas eu vou terminar ela e deixar seu personagem longe da bagunça que vai virar o caern do Canadá. Vê se dá um final legal pro Hakken também. u_u

Seguinte: faz um personagem na outra aventura. No final dessa, vou transformar o Stroller em NPC no outro cenário. No mais, bora terminar isso aqui. o/

Os garotos arregalaram os olhos para a Glock e deixaram o queixo pender.

Isso sim é legal. — disse Actor.

Fátima revirou os olhos para eles e bufou.

Legal é o que eu faço com meu arco. — resmungou e tomou a dianteira, sacudindo a cauda. Atrás dela, Loren segurou a risada.

Não ligue. — disse ele. — Ela não está muito acostumada a não ser o centro das atenções. Você sabe, espíritos do fogo.

A viagem levou boa parte do dia. O grupo, agora já um tanto numeroso, seguiu para o sul, sentindo a temperatura cair um pouco. Entraram em uma região com terreno irregular e montanhosa, com florestas mais densas e construções mais sólidas de pedra. Naquele lugar, tudo ganhava um tom mais intimidador e sombrio e o céu começava a acumular algumas nuvens carregadas. Vez ou outra, ouvia-se um relâmpago.

Aqui são as terras de Scorpio. — falou Fátima, mostrando claro desconforto. — Não ligue para possíveis piadinhas e nunca, absolutamente nunca, abaixe a cabeça para eles. Entendido?

Loren deu um tapinha em seu flanco e passou por ela, como se ignorasse suas recomendações.

Façam algo melhor: deixem comigo.

Ele se adiantou alguns passos, assumindo a liderança temporária do grupo, que agora chegava a uma vila semelhante à uma típica vila medieval, porém um pouco mais sombria. Os espíritos que ali residiam tinham formas humanas levemente comuns, porém, tinham a pele mais pálida e alguns traços estranhos pelo corpo — olhos de cores díspares, línguas bifurcadas ou unhas afiadas. Alguns apresentavam uma espécie de carapaça no torço que parecia uma armadura. Mais de um tinha uma das mãos (ou ambas) em forma de pinças de escorpião. Olhares desconfiados choveram sobre os visitantes.

O que faz aqui, espírito de Virgo? — indagou um dos guardas, um espírito forte e grande, com carapaça cobrindo o tronco e uma das mãos em forma de pinça.

Venho pedir auxílio para uma empreitada. — disse Loren, com uma breve reverência. — E venho à procura de Klud.

O guarda apontou a mão humana para o centro da vila.

Deve estar por ali, fazendo o que sempre faz. — ele olhou para Anderson, como se só agora tivesse notado sua presença. — E o que o Garou faz aqui?
avatar
Akira Toriyama
Avaliador de Ficha

Mensagens : 492
Data de inscrição : 25/03/2010
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Alexwalker em Qua Dez 10, 2014 5:41 pm

*Stroller seguia a viagem e riu da "reclamação" de Fatima.
Conforme caminhava notava a alteração na paisagem *
"Realmente... este reino umbral, os sentimentos e personalidades são muito poderosos... a realidade se altera conforme eles..."

* Continua a andar e ver o povo de scorpio, e se espantava com o povo.. isso lembrava um pouco de star wars e falava consigo*
-Darth Bane realmente era de escorpião... kkk
Qt mais velho mais carapaça possuem ou isso cresce conforme o desejo deles??


* Olhava até com uma certa curiosidade para cada um deles. Ao se aproximar dos guardas, apenas observou em silencio Loren conversar com o guarda.
Assim que ouviu a resposta, olhou para o centro e começou a andar junto com a turma quando foi surpreendido pela pergunta*

— E o que o Garou faz aqui?
* Parou e se virou para o guarda com um sorriso amigável, e naquele momento ouvia o comentário da Fátima em sua mente*

— Não ligue para possíveis piadinhas e nunca, absolutamente nunca, abaixe a cabeça para eles. Entendido?
- Estamos todos juntos, e acredito que Klud poderá nos auxiliar na nossa jornada.... como foi dito pelo Loren.

* Fazia uma reverencia cordial ao guarda *
- Este humilde Garou não causará problema algum, muito pelo contrario, estou curioso para ver os seus domínios e contar com o auxilio de um representante deste digno povo...

* Olhava para os demias para seguir seu caminho *


----
"May the road rise up to meet you.
May the wind always be at your back.
May the sun shine warm upon your face,
and rains fall soft upon your fields.
And until we meet again,
May God hold you in the palm of His hand."
-An Old Irish Blessing

- - - -
OFF - Descrição de Ações: -- Falas em ON / "Pensamentos" / *Ações* / Comentários em OFF / Stroller (Ficha)
avatar
Alexwalker
Andarilhos do Asfalto
Andarilhos do Asfalto

Mensagens : 497
Data de inscrição : 08/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Akira Toriyama em Qui Dez 11, 2014 12:28 pm

Não — respondeu Lóren, enquanto caminhavam. — É algo que apenas alguns têm e varia de tamanho. Espíritos de escorpião com tendências mais guerreiras são um tanto raros. A maioria deles usa a astúcia e o jogo sujo para resolver seus problemas. Mas aqueles que tendem ao combate costumam ser adversários que não devem ser ignorados de forma alguma.

Ficaram em silêncio durante alguns segundos, logo depois que o guarda perguntou ao Andarilho quem era.

Você tem a permissão de ficar em nossas terras, Garou. — falou ele. — Porque lutamos contra o mesmo inimigo e temos Gaia como nossa mãe. Mas lembre-se: somos aliados, não servos. Será responsável por cada palavra que proferir aqui. Klud deve estar na taverna, lugar onde ele mais gosta de ficar.

Ele abriu caminho para que o grupo continuasse sua busca. Não muito longe, havia uma taverna aos moldes medievais. Se antes a semelhança era com Star Wars, o Garou passou a pensar que agora era Senhor dos Anéis.

Houve certo alvoroço quando Fátima entrou, fazendo barulho com os cascos nem um pouco preocupada em ser discreta. Mais olhares desconfiados choveram sobre o grupo, porém a centaura não parecia se importar. Continuava em sua imponência, sem se preocupar com o que poderia acontecer.

Procuramos por Klud — disse ela, alto o suficiente para ser ouvida. — Se estiver aqui, temos negócios a tratar.

Os olhares dos espíritos denunciavam alguém no fundo da taverna, numa mesa mais afastada. Tratava-se de um espírito que se parecia muito com um ser humano, exceto pelo cabelo branco e os olhos vermelhos. As mãos, dotadas de garras compridas, acariciavam duas mulheres de uma beleza exótica e um quê de malícia no olhar. Klud ergueu os olhos para os visitantes e deu um sorriso debochado. Quando se levantou, Anderson percebeu que era bem mais franzino que esperava e não muito alto. Mesmo assim, ele provocava a mesma sensação que mafiosos como Don Corleone.

Klud fez uma reverência exagerada ao chegar à frente de Fátima.

É uma honra ter um espírito tão nobre e honrado à minha procura. — disse, e o Andarilho não soube dizer se era sarcasmo ou não. — É igualmente bom te ver, Lóren, meu amigo. E estas crianças... como eu gosto de crianças. — os olhos dele finalmente recaíram sobre Anderson. — Ora, ora... um Garou. É realmente o ápice dos últimos tempos, ter visitas tão ilustres.

Viemos a negócios, escorpião. — rosnou Fátima. — Precisamos de ajuda.

Klud abriu a boca, num gesto de pura surpresa.

Você me lisonjeia com tamanha consideração. — falou e estalou os dedos. Em segundos, havia copos e uma garrafa de vinho deixados sobre a mesa. — Isso merece uma dose de bebida para comemorarmos. Os garotos receberão bebida adequada, não se preocupem.

Não temos tempo. — a centaura estava prestes a explodir. — Tem uma horda de malditos chegando em nosso reino, Klud. Tenho ordens para reunir um bando misto com a ajuda do Garou e proteger as fronteiras. Lóren me disse que você ajudaria.

É claro que ajudarei. Sob certas... condições.

Fátima estreitou os olhos.

Qual?

O Garou assume a dívida.

Espanto tomou conta do grupo. Klud não dissera o que queria, mas queria que Anderson assumisse a dívida pelo grupo. Não saber o que ele iria pedir mais tarde era algo que o assombrava, mas o Garou não tinha tempo. Precisava decidir logo se aceitaria as condições do espírito ou se tentaria alguma negociação. Mas o tempo ficava cada vez mais curto.

OFF:
Não sei se você achou, mas eu achei o Klud bastante parecido com esses caras da máfia. Bem, você pode negociar com ele ou simplesmente aceitar a proposta. Ele está aberto à negociações, mas vai ficar sempre com a proposta que for mais conveniente pra ele. Boa sorte. XD
avatar
Akira Toriyama
Avaliador de Ficha

Mensagens : 492
Data de inscrição : 25/03/2010
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Alexwalker em Sab Dez 13, 2014 11:50 am

* Stroller ouvia as palavras do guarda e acenava com respeito.
- come si desidera, signore
- Grazie


..Será responsável por cada palavra que proferir aqui...

"Tenho que me lembrar bem deste aviso... acabei de descobrir a regras para os acordos neste reino e para este povo"


* Seguia então para seu caminho juntamente com os demais. Ao adentrar no Bar, nota claramente as mudanças de atmosfera.
Ao ver Klud, sabia que deveria tomar cuidado... claramente um espírito trapaceiro...
Contudo, não se pronunciou e ouvia com atenção a conversa, apenas fazendo um sinal de referencia qd Klud falou com ele.

Seguia meio disperso olhando em volta qd uma frase chamou sua atenção... *
— O Garou assume a dívida

* Olhou para Klud e notou a surpresa dos demais...e aquilo foi muito claro para ele... o que o deixou muito tranquilo... e começou a rir bastante e francamente olhando para o Klud e os demais *
- Ho finalmente capito il pq ha scelto di venire qui

* Parando de rir um pouco, mas claramente feliz *
- 'Faça uma proposta que não pode ser negada...'
É um ditado entre os membros da familia...

- Eu estava certo em escolher vc para o grupo...


*Indo para a mesa onde ele estava, sentava, pegava um copo e falava *
- Famos falar de negócios então... afinal, amizade e negócios, agua e azeite..rsrs

*Olhava para Klud com muita tranquilidade*
"Primeiro erro Klud..."

"Deixe que seus amigos subestimem suas qualidade e que seus inimigos superestimem seus defeitos"


- Sou muito jovem dentro da cultura garou... então já que estarei sobre um chiminage, aceitarei este acordo desde que o preço esteja exatamente na medida inversa do risco ao qual formos expostos por você e que em nenhum momento as consequências de minhas ações possam causar mal a qualquer um que eu tenha em alta conta...

- Assim, sob estes termos até o dia que você cobrar este acordo, aceito essa justiça como um presente.
- Temos um acordo ou deseja apresentar algumas das suas outras condições que não estão válidas, pois não a proferiste???


* Bebia um pouco e esperava a resposta do Klud *


----
"May the road rise up to meet you.
May the wind always be at your back.
May the sun shine warm upon your face,
and rains fall soft upon your fields.
And until we meet again,
May God hold you in the palm of His hand."
-An Old Irish Blessing

- - - -
OFF - Descrição de Ações: -- Falas em ON / "Pensamentos" / *Ações* / Comentários em OFF / Stroller (Ficha)
avatar
Alexwalker
Andarilhos do Asfalto
Andarilhos do Asfalto

Mensagens : 497
Data de inscrição : 08/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Akira Toriyama em Qui Dez 18, 2014 1:06 pm

O espírito não demonstrou surpresa. Anderson estava acostumado com mafiosos, o que o deixava com a suspeita de que talvez, Klud estivesse apenas blefando. De qualquer forma, precisava continuar com a negociação e se preparar para que o espírito continuasse argumentando.

Muito bem, Anderson. — disse ele, entre um gole e outro. — Vejo que você é hábil em negociações. Aceito seus termos, e já digo que por enquanto, não clamarei nosso acordo. Você apenas ficará me devendo um favor no futuro. Até lá, cumprirei a minha parte nesta missão.

Ele olhou para Fátima com um sorriso debochado.

Partimos quando?

***

Com o time formado, o Theurge partiu para a fronteira do reino. Era uma floresta densa e selvagem, de onde emanava a energia mais pura da Wyld. Anderson sentiu o instinto aflorar.

Preparem-se. — disse Fátima. — A partir de agora, o contato com o inimigo é real.

Rolagem:
Stroller: Percepção 4 + Prontidão 3, dificuldade 6 para perceber inimigos: 2, 5, 6, 7, 7, 7, 9 = 5 sucessos

Anderson notou, mais adiante, um pequeno grupo de malditos. Estavam caminhando por uma trilha perto dali, sem perceber que estavam sendo vigiados. Observando com mais atenção, percebeu que ao todo, eram sete. Com um ataque bem organizado, poderiam dizimar rapidamente o grupo.

OFF:
Alex, só pra uma questão de você estar ciente das coisas, a ordem de ações é a seguinte: Fátima, Actor, Klud, Lóren, você e Adnos. Os malditos não vão agir nesse turno, porque foram pegos desprevenidos. Vou considerar que o Anderson esteja na forma hominídea. Fúria, Força de Vontade e Gnose estão todos no nível máximo.
avatar
Akira Toriyama
Avaliador de Ficha

Mensagens : 492
Data de inscrição : 25/03/2010
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aurora - Anderson Von Korbacki

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum