Gueto da Cidade

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por *Naty* em Qua Jun 30, 2010 9:25 pm

Me preparo para sair e quando chego na porta da oficina já arrumada eu vejo o velho Michael , o minimo que eu podia fazer era ajudar o velho a baixar a porta rolante de metal né ? - Xau xau Michael tenha uma boa noite ! Te vejo amanha cedo ! Com o vento a bater em meu rosto , minha moto rasga o vento depressa , gosto de viver assim . Preferi não usar capacete pois o assim posso sentir o vento bater em meu rosto e por falar nisso a quadra de basquete nem fica lá tãooo longe assim acho que não vou ser multada a uma hora dessas - Assim que eu chego na assembleia faço questão de aumentar o ronco da moto para avisarem sobre minha chegada , não sabia se era mesmo ali ou se me receberiam bem então era melhor eu ser precavida e ver a reação que eles teriam sobre mim . - Olá ?! eu estendi minha mão para cumprimentar a moça que quase sempre estava la com Michael , espero que ela se lembre de mim .
avatar
*Naty*
Andarilhos do Asfalto
Andarilhos do Asfalto

Mensagens : 51
Data de inscrição : 30/01/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por enxame de ratos em Sab Jul 03, 2010 5:17 am

Shina Silverglaive Sköll

Você vê um homem terminando um jogo de xadrez. Seu nome é Garry Alexander Dimitre Ondrej Uzá, mas é mais conhecido como Gadou. Ele é o Ancião da tribo de Nova Iorque e estava na Assembléia dos Presas de Prata. Você não poderia desafiá-lo sendo apenas uma Cliath. Ele pode te desafiar, mas ele não tem motivo para isso. Para conseguir sua revanche você teria que subir de posto. Ele te comprimenta estendendo a mão esquerda. E com a mão direita tocando a parte de baixo do cotovelo esquerdo. A Klaive dele fica no lado esquerdo da cintura. Como um síbolo de desconfiança já que assim seria mais fácil sacar a Klaive caso você o ataque.



Sombra do Velho, Garra de Fenris, Regina Andarilha do aço, Deus Veloz, Regina Andarilha do aço e Gallon

Big Joe estava conversando afastado com duas mulheres. Uma delas era a mãe da Sharon.

Sharon para Regina: Chegou quem vai bancar a Pizza.



O Parente dos Roedores de Ossos Kevin, que pertence à gangue da Sharon toca música eletrônica em uma pick up. A quadra está escura, só iluminada por luz neon e o fogo que saia de um tambor velho. Tem cerveja e macarrão com molho de papelão liberados. E Dueling Banjos oferecia uma bebida chamada Raio Branco.

Essa assembléia dos Roedores de Ossos te lembra à variação de Assembléia menos formal dos Andarilhos do Asfalto que é chamada de uma “rave”, que tomam a forma de festas... mas festas do tipo que todo mundo usa substâncias ilícitas (principalmente êxtase) e ninguém é mais o mesmo. Um DJ uma vez te disse que organizar o play list de uma rave é na maioria das vezes entender quando a coisa toda irá evoluir para uma briga livre para todos e planejar deixar a música rolar daquele ponto em diante.

Sharon tenta vender êxtase para Regina.

Taylor, George, Tony e Robinson eram Parentes de Roedores de Ossos e estavam dançando. Eles pareciam impressionados com a Ragabash.

Taylor: Posso fazer um drift nas suas curvas??

Wolf era um Garou que não passou por sua primeira mudança. Suas roupas eram roídas por traças e ele tinha o símbolo místico dos Roedores de Ossos no pescoço. Eles eram membros da gangue da Sharon.

Kevin, outro Parente da gangue, pega um Saxofone e acompanhado por Corrente do uivo e Dueling Banjos estava tocando um blues instrumental do Parente Roedor de Ossos Red Willie Ammons.

Garra de Fenris comprimenta Deus Veloz. E Sharon apresenta Deus Veloz ao Fianna Sombra do Velho.

Morten O Enforcado: O ancestral do Garra de Fenris, o Fúria de Fenris, usava o Fetiche dos Crias de Fenris chamado Martelo de Ferro. Quando o Fúria de Fenris morreu o fetiche se perdeu na Umbra. Encontrar um fetiche perdido na Umbra é uma jornada que traz renome para aqueles que a fazem. Mas para chegar até lá será necessário percorrer um atalho pela Umbra já que o Fúria de Fenris não morreu em Vancouver.

O tio Super Bowl estava falando coisas incompreesiveis com um rato. Mas tinha algo a ver com um trem Umbral.

Gallon:

O Ragabash Brian chama sua atenção. Vocês estão na frente de um Dodge 69 laranja. O lugar cheirava a urina e lixo. E havia pichações nas paredes dos prédios.

Brian: Precisamos descobrir o que os Roedores sabem sobre o fosso da Wyrm e sobre a matilha de Dançarinos da Aspiral Negra. Como os Roedores não confiam nos Senhores das Sombras desde a Revolução Francesa, você que deve ter mais facilidade para falar com eles.

Um vigia deitado em uma caixa de papelão te deixa passar com o Ragabash Senhor das Sombras. Ao entrar na quadra você vê o corpo morto de cinco Crinos e um deles exibia na pele símbolos da Wyrm.

Impuros

A cultura oriental nem sempre é tão acolhedora com os diferentes, ou pior, os deformados. A sociedade asiática é algo belo e se move como as marés e possui sua própria porção de individualismo. Ainda assim, ao mesmo tempo, espera-se certa uniformidade. Qualquer coisa fora da norma fica à mercê do desdém, devido ao desconforto causado, e se existe um grupo que está fora da norma (bem, cada vez menos nos dias modernos), esse grupo é o dos impuros. É algo simples: os impuros estão nascendo. Nunca é de propósito, nunca é desejado, mas acontece. Agora, a maior parte de nossa tribo evidentemente está preocupada com o comedimento ou, como eu disse, com a completa negação de muitas coisas, e uma dessas coisas é o acasalamento. Assim, não muitos impuros surgem entre nossos números, pois traz grande vergonha. Alguns gostariam que nós não sentíssemos tamanha vergonha um pelo outro, especialmente em relação a algo como isso, que é tão sensível, mas nós sentimos. Gerar um filhote impuro implica uma fraqueza severa, causando
uma brecha espiritual nos caminhos moderados e ascéticos que muitos de nossa tribo seguem. Porém, a vergonha normalmente é reservada aos pais de tal filhote, mas a vergonha nunca é levada até o filhote em si.

Os impuros ainda são Garou e não devem ser menosprezados. Claro, um pouco do desdém que a cultura asiática possui por algumas deformidades pode ser levado para alguns membros de nossa tribo, mas no geral somos uma grande família que é capaz de uma compaixão impressionante. Os impuros merecem nossa empatia, não
o nosso escárnio e desrespeito. E em nove a cada dez vezes, eles recebem a empatia que merecem.

Os impuros vejam bem, são normalmente explicados como Garou que manifestam fisicamente o Caminho do Meio. O pensamento sobre isso é claro, apesar da prática ser um pouco confusa. O pensamento é simplesmente que os impuros são o equilíbrio entre as duas raças. Todos nós somos amálgamas entre homem e fera, mas as duas raças dominantes criam um pouco de desequilíbrio, uma sobreposição de uma raça ou outra. E os impuros? Os impuros são ambos, são iguais, meio a meio. Além disso, os impuros têm mais facilidade para
aprender nossos dois primeiros preceitos. Devido a sua natureza fisicamente deformada, eles compreendem rapidamente que o sofrimento é a força predominante no universo. E sua herança genética dá a eles uma vantagem em aceitar o Caminho do Meio. Por isso, muitos dos nossos mais capazes aprendizes (e por seguinte,
professores) foram impuros. Mais um item é digno de nota: os impuros podem não nascer frequentemente entre os nossos números, mas eles o fazem entre as outras tribos. Quando eles são abandonados (e inevitavelmente o são), os Portadores da Luz Interior possuem uma forte política de adotar esses impertinentes Garou.

Ahroun

Uma breve lição sobre lingüística que é digna de nota: em japonês, a palavra yama kaze significa “vento da montanha”, e é composta por dois caracteres. Quando esses caracteres estão colocados um sobre o outro, eles se juntam para formar arashi, ou “furacão”. Isso talvez seja a essência de nossos guerreiros. Eles são Portadores da Luz Interior, e como tal aprendem as lições do equilíbrio como todos nós fazemos. Mas até mesmo em sua calma, eles são severos como um vento da montanha e sempre
correndo o risco de explodir em um furacão. É por isso que nós os chamamos de “Coração da Lua” ou “Lua de Sangue”, pois eles são encorajados a agir com seus corações. E o sangue primitivo corre por seus corações dando a eles grande paixão e movimento — mas eles
sempre devem ser cautelosos. Pois dentro do coração e sangue do Ahroun está uma linha sombria de mercúrio chamada Fúria, e caso ela faça o coração bater rápido demais ou o sangue correr muito rápido, então o guerreiro perderá o controle.

Ele pode não perceber a tarefa em suas mãos e parar de compreender seu dever. Até mesmo na Fúria o equilíbrio deve ser mantido. É engraçado. Eu encontrei outros Garou, e até mesmo outras Feras que pareciam ter a imagem de nossos Corações da Lua como calmas, meditativos, que abraçam o pacifismo e entram em uma batalha apenas depois de grande deliberação. E sim, conheci alguns Corações da Lua que são assim. Mas a maioria deles compreende que há algo acima de tudo, e isso é o dever. O dever de um Ahroun não é se sentar e meditar. O dever de um guerreiro é abraçar a guerra, pois a guerra é uma das ações que cria a mudança.

Temos outros membros da tribo que são de outras luas para equilibrar essa paixão, muitos outros são capazes de abraçar o caminho da inação sem romper suas obrigações. Mas não nossos guerreiros. Eles têm a responsabilidade de adentrar primeiro no campo de batalha. Lembro-me quando era um jovem filhote e conheci Hoderi Brilho-do-Fogo, um Coração da Lua de nossa tribo que trabalhou próximo aos Hakken para expulsar os Fantasmas da Wyrm de Nippon. Ele fez um comentário que ele sempre tinha “sangue manchando seus dentes” e que isso sempre seria assim. Primeiro eu me assustei e perguntei a ele como se sentia sobre isso e perguntei também se ele não estava indo contra tudo que a nossa tribo preza. Ele me disse algo e apenas isso: “Isso é o que é”. Depois eu compreendi. O fardo deles não é um fardo que temos que apreciar ou até mesmo entender. Como Hoderi disse, é o que é e nós devemos deixá-los fazer o dever que eles nasceram para cumprir.

Roedores de Ossos

Tudo nesse mundo está sofrendo, pelo que nossos antigos mestres diriam, mas não sei se alguém compreende esse preceito tão bem quanto os Roedores de Ossos. Confúcio disse que pode-se ser pobre na vida, mas rico no Caminho, significando que o dinheiro não
significava nada comparado com uma forte base de rituais, compreensão e significado. Os Roedores são ricos, quando se entende dessa forma. Sempre confie naqueles nos níveis mais baixos da escada. Eles perderam tudo ou, no caso dos Roedores de Ossos, sacrificaram tudo voluntariamente. Eles não possuem nada além da perfeição de sua própria sabedoria (bem, algumas vezes possuem um cheiro ruim e um punhado de pulgas, mas esse é o preço do conhecimento).

Deus Veloz noite da semana seguinte:

A tia de Nathifa se chamava Haqikah e a prima se chamava Sanura. Quando o sol se põe elas vão para casa deixando o restaurante aberto sob a responsabilidade de um funcionário chamado Enos.

Deus Veloz rolou 8 dados, Vigor 5 + Prontidão 3, dificuldade 7.
2,3,4,5,6,7,8,9 = 3 sucessos.



O restaurante não estava tão movimentado quanto na hora do almoço. A meia noite um homem acompanhado por duas mulheres entrou no restaurante.

[img][/img]


Última edição por enxame de ratos em Sab Jul 03, 2010 10:56 am, editado 5 vez(es)
avatar
enxame de ratos
Admin
Admin

Mensagens : 207
Data de inscrição : 10/02/2010
Idade : 30
Localização : Distrito federal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por *Naty* em Sab Jul 03, 2010 8:14 am

Sharon para Regina: Chegou quem vai bancar a Pizza. - Mas hein ? "Será que todo mundo vai colocar palavras palavras na minha boca hoje , tá bom que eu até posso ter cara de ingenua mas é só a cara" Eu não queria parecer grossa , eu estava praticamente de penetra ali e se não fosse pelo uivo que ouvi e nem sei mesmo se era pra mim eu não estava lá , por esse motivo não eu preferia não parecer rude com Sharon , eu tirava uma nota de 100 dolares do bolso e entregava a Sharon e lá se vai o meu salario mas com isso quem sabe desse pra comprar uma 5 pizzas eu acho . O cenario até que estava legal , neon , chamas e uma musica legal - Hey Don Juan que tal uma dança primeiro ? Só uma dança ! E cuidado ond epega nas "minhas curvas" - Sempre tinha um enxerido nessas festinhas eu já estava acostumada , sabia que precisava ficar ligada , então por ess emotivo acabei recusando o extase de Sharon educadamente eu vivi minha infancia inteira na rua praticamente então sei quando um desses abusados querem AVANÇAR o sinal , eles fazem um grand eestrago nas garotas ... Mas comigo não gatinho , comigo não . Eu até podia dançar com ele , principalmente se ele dançasse bem . O que eu queria mesmo era me divertir , já tinha uns dias que eu não participava de uma balada , uma rave então nem me diga ! Bem que eu tava precisando de um pouco de festa na minha vida ! Eu cruzava meus braços sobre o pescoço de Taylor e se ele bancasse o espertinho a dança acabava por ali mesmo se não eu até poderia firmar uma amizade com ele , quem sabe , se ele tivesse alguma coisa na cabeça . - E então você e seus amigos são de uma "gangue" é isso ? Acho que nunca ouvi falar de voces . Uma Gangue de Parentes roedores de Ossos , Por acaso vocês já deram de cara com algum "lobo mau ?" hhuahuhuauaahuh -
avatar
*Naty*
Andarilhos do Asfalto
Andarilhos do Asfalto

Mensagens : 51
Data de inscrição : 30/01/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Beaumont em Dom Jul 04, 2010 1:51 pm

Deus Veloz era apresentado ao Fianna , de modo simplorio e instintivo o peregrino batia continencia mas parecia logo perceber seu gesto e ntão estendia a mão para cumprimentar de maneira mais ocasional e se apresentar ao Fianna , mas ao escutar as palavras de Morten ele ficava com a pulga atras da orelha .

(nota considere isso apenas se eu tiver escutado o que morten falou okay ^^? )

Deus Veloz Pensando : Huh ? Seria esse o chamado que totem General Lee tanto prezava em compartilhar comigo ? Não ... Pensei que ele apenas estivesse com a mesma preocupação da grande coruja ... Que coisa estranha ...

Deus Veloz : - Sombra do Velho é um prazer conhece-lo , sou o Peregrino Silenciosos Deus Veloz . É um prazer conhece-lo !!


-------------------- -

O plano de Deus Veloz parecia serguir de acordo . Haquikah e Sanura pareciam boas pessoas , estavam ali naquela terra apenas vivendo como pessoas felizes não mereciam ser presas de um assassino sangue - suga . O por que daquele vampiro ter escolhido aquele lugar era desconhecido , fosse por vingança , territorio ou poder politico não importava nenhum motivo do mundo iria convencer o Philadox de que valia apenas matar parentes ou não dos garou com tanto Sangue Frio . Deus Veloz se mantinha na tocaia do lado de fora do restaurante , se localizavam em um local escuro e paralelo a entrada do mesmo enquanto observavam o homem entrar com as duas mulheres e comentava com Nathifa

Deus Veloz : - É ele ? Não temos certeza , não poderemos ataca-lo sem antes termos certeza , eu vou entrar pela cozinha vou levar essa pedra no meu bolso caso eu tenha problemas e precise de "reforços" vou jogar essa pedra na janela e você saberá que eu estou com problemas "copiado?" Me deseje sorte Nathifa !

O peregrino saia com cautela seguindo pela entrada traseira do restaurante , pela cozinha ou uma janela do benheiro masculino mas evitava entrar pela porta da frente do restaurante , sua intenção era espreitar de mais perto o movimento do homem e das duas mulheres . Talvez dentre os 3 o sangue sugas estivesse ali , se não fosse Deus Veloz não agiria por impulso , espera para ver o que aquele trio faria , para depois atacar . Assim que ele entrasse no local o Garou peregrino tentava ativar seu Fetiche ( Anel de velocidade celeste +3 destreza com teste de gnose 6 ) se escorava na parede proximo a porta e ficava paralisado para poder se utilizar do dom ( Gerar ignorancia nivel 2 forsten DIFF 7 destreza 5 + furtividade 4 +3 em destreza se eu tiver conseguido ativar o fetiche ^^ ) enquanto apenas vigiava o homem negros e as duas mulheres .

Deus Veloz : - ...
avatar
Beaumont
Admin
Admin

Mensagens : 212
Data de inscrição : 03/01/2009
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Gallon em Seg Jul 05, 2010 4:25 am

*Um pouco mais calmo por ter Bryan como um guia. O lugar era como imaginado, pelo que ouvira dentro da nação Garou, mais me recordava dos ensinamentos dos anciões de minha terra, sobre os Roedores de Ossos.*

-Que bom que está aqui.

*Seguia o caminho e ouvia o que Brian dizia, entendia o que ele dizia, mesmo assim me sentia numa posição um tanto desconfortavel e ao mesmo tempo incapaz de fazer melhor, era impuro de uma tribo desertora, mesmo assim seguia em frente e confiante, não era hora para duvida. Porém em frente encontrava corpos de crinus mortos um deles com a marca da Wyrm, minha primeira reação foi de admiração pelos roedores, porém, apenas um tinha a marca da wyrm em seu corpo e fico um tanto triste, embora não tivesse certeza dos demais fossem ou não servos da Wyrm.*

-Vamos entrar.

*Tentava fingir não me importar com o ocorrido, ao entrar não tinha ideia do que ocorria, uma luta, uma festa, bem não parecia nem um pouco com as Assembleias dos Portadores, algo naquele ambiente parecia levemente familiar, porém as luzes e som alto também me perturbava e bastante. Nunca havia visto ou participado de algo igual. Dizia obviamente desconfortavel.*

-Encontre logo com quem temos que falar e vamos sair daqui...
avatar
Gallon
Portadores da Luz Interior
Portadores da Luz Interior

Mensagens : 27
Data de inscrição : 23/06/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por enxame de ratos em Sab Jul 10, 2010 3:07 pm

Deus Veloz, Sombra do Velho, Gallon, Regina Andarilha do aço e Garra de Fenris na noite da assembléia.

Brian: A mulher que vamos encontrar é uma impura. A deformidade dela não é aparente por que ela tem hipersencibilidade a prata.

Brian te leva ao encontro da anciã da tribo dos Roedores de ossos, a Ahroun Mama Margareth quebra-nozes.



Brian: Sou o Senhor das Sombras Ragabash Brian. Estamos atrás de uma matilha de Dançarinos da Aspiral Negra. Por isso precisamos de informações sobre o fosso da Wirmy.

Margareth: Toda informação tem um preço. Ainda mais para um Senhor das Sombras. Monstrem o seu valor durante a assembléia e veremos se podemos confiar em você.

-- Aqueles caras ali (monstrando Sombra do Velho e Garra de Fenris) acabaram de lutar contra Dançarinos da Aspiral Negre que tentavam sequestrar uma de nossas Parentes.

Os corpos dos Dançarinos mortos não eram da matilha que vocês estavam procurando.

Todos escutaram o que o Morten falou. Sombra do Velho bebia em uma garrafa que o Galliard Dueling Banjos oferecera de Raio Branco. E apesar da incrível resistencia do Fianna em pouco tempo ele já estava bêbado.

Deus Veloz : Sombra do Velho é um prazer conhece-lo , sou o Peregrino Silenciosos Deus Veloz . É um prazer conhece-lo !!

Sombra do Velho: O prazer é meu!

Garra de Fenris: Tive uma visão do meu ancestral Fúria de Fenris. E nessa visão ele carregava esse fetiche, o Martelo de Ferro. Quero fazer uma jornada para encontra-lo e para isso pedi a horientação do Morten. Você me acompanha nessa jornada pela Umbra?

Sombra do Velho: Posso ir junto?.

Morten: Estamos na noite de 20 de março de 2010. O Beltane marca o fim do inverno e início da primavera. Podemos aproveitar que você quer encontrar um fetiche perdido para realizar o Ritual do Novo Despertar.

-- Este ritual celebra o equinócio primaveril, a época de renascimento. O mestre começa o ritual ao pôr do sol, conduzindo os Garou reunidos numa demanda pela Umbra. Essa demanda às vezes é simbólica, mas, agora que o Apocalipse se aproxima, é cada vez mais comum os aventureiros procurarem o perigo real (ou este encontrá-lo) nos Reinos Umbrais.

-- A demanda sempre envolve sete provas. Essas provas representam os sete portões que barram o caminho para o Mundo Subterrâneo. As provas variam drasticamente de uma tribo para outra, mas os membros são sempre apresentados a uma certa diversidades de desafios. O teste poderia ser enfrentar um Maldito em combate ou encontrar um fetiche perdido na Umbra Profunda. Cada teste exige que os participantes renunciem a algo de seu, seja um estimado fetiche pessoal, um velho ressentimento ou um falso orgulho. Se conseguirem passar por esses portões desafiadores, os Garou renovarão a Terra, banindo os espíritos do inverno e abrindo caminho para a estação do verde e do crescimento.

-- Ao final do ritual, os lobisomens retornam aos seus corpos. A essa altura, muitas tribos procuram por Parentes Garou ou outros seres humanos e lobos e voltam a conhecer os prazeres da carne, celebrando a incrível beleza da vida e a necessidade de continuá-la nas gerações futuras. Não é surpresa que nessa noite seja concebida uma boa parte dos filhotes impuros. Apesar do tabu, a intensidade dramática do ritual às vezes passa por cima dessas preocupações.

Sharon: Aqui, experimente um pedaço dessa moela de frango. Consegui isso muito barato no açougue. Ninguêm parece querer essas partes extras. Eu as cozinhei com um pouco de molho de churrasco e mostarda. Delicioso!

Tio Super Bowl O trem Umbral pode leva-los até lá. Mais alguem quer ir?



Quando se trata de Blues, o Taylor demonstrou ser um ótimo dançarino. Ele te condus na dança. Ele se manteve comportado, já que Parentes não vigoram dano letal mesmo. E ele sabe o quanto é facil fazer uma Garou entrar em fúria mesmo que acidentalmente.

Regina: E então você e seus amigos são de uma "gangue" é isso? Acho que nunca ouvi falar de vocês . Uma Gangue de Parentes roedores de Ossos , Por acaso vocês já deram de cara com algum "lobo mau ?" hhuahuhuauaahuh –

Taylor: A gangue é só uma forma de guardar-mos as costas um do outro 24 horas por dia. Acabamos de encontrar uma matilha de Dançarinos da Aspiral Negra. Eles estão sequestrando Parentes. Por sorte o Fianna Sombra do Velho e o Garra de Fenris estavam passando por lá e decidiram nos ajudar.

-- Nossa função geralmente se restringe em proteger a oficina do velho Michael Jone. Mas eu também estudo e trabalho. E é o meu trabalho que sustenta minha família.

-- Essa é uma canção de Red Willie Ammons de Nova Orleans. Ele era um Roedor de Ossos e um simples Parente. No ano de 1937 durante um quente verão, sua namorada Ginny Preciosa foi a última pessoa além do assacino a vê-lo vivo. Ela o encontrou após sua última apresentação com uma faca enfiada no peito com seu corpo ainda quente. Não é um compositor muito conhecido entre os humanos e as outras tribos. Suas notam fazem tudo parecer frio e solitário.

-- Nós, Parentes de Roedores de Ossos, somos vitais para a manutenção da Corrente do Latido, a linha de fofoca da tribo. A maioria das pessoas nunca dá uma segunda olhada para os mendigos da rua, ou até para os que ajudam em suas casas. Todos esse caras estão juntando informações para a Corrente, absorvendo as coisas que ouvem e vêem, e então passando para frente.

-- Muitos de nós (olhando rapidamente para as duas mulheres que falavam com o Ancião Big Joe) possuem poucas restrições na escolha de um parceiro e participam de um acordo polígamo que não tem limites. Mas somos contentes e felizes pois é difícil distinguir Parentes de Garou entre os Roedores.

Off.: Parentes de Roedores de ossos não podem comprar raça pura ou ter mais de três pontos de recursos.

------------------------------------------------------------------------

Deus Veloz na noite da semana seguinte:

Deus Veloz : - É ele ? Não temos certeza , não poderemos ataca-lo sem antes termos certeza , eu vou entrar pela cozinha vou levar essa pedra no meu bolso caso eu tenha problemas e precise de "reforços" vou jogar essa pedra na janela e você saberá que eu estou com problemas "copiado?" Me deseje sorte Nathifa !

Nathifa: Boa sorte!

Você consegue entrar pela porta dos fundos que leva a cozinha. Uma funcionaria estava na cozinha preparando um Naguilê para um dos clientes.

Anel de velocidade celeste +3 destreza com teste de gnose 6.
2,3,4,5,6,7 = três sucessos.

O Dom de Peregrino Silencioso Gerar Ignorância (Nível Dois). Permanecendo imóvel, o Garou pode tornar-se absolutamente invisível a todos os sentidos, espíritos ou dispositivos de vigilância. Este Dom é ensinado por um espírito-camaleão.

O Garou testa 12 dados (Destreza 5 + Furtividade 4 + 3 por ativar o fetiche) dificuldade 7.
1,2,3,4,5,6,7,7,8,8,9,9,10 = seis sucessos.
Cada sucesso subtrai um sucesso dos testes Percepção + Prontidão dos indivíduos que estiverem procurando o personagem. Se ninguém estiver fazendo isso, então um sucesso indica ocultação absoluta.

Homem desconhecido: Por favor. Eu pensei que vocês estavam acima destas abismais falácias judaico-cristãs. "Não se deve confiar na serpente." "O conhecimento é a fonte de todo o mal." Por que vocês acham que os pais incitam essas crenças em suas crianças?

Mulher 1: Por que eles evitam a troca de conhecimentos?

Homem desconhecido: Ah. Vocês começaram a entender. Agora, que tal se sentarem e falarem comigo?

O garçon judeu etiope se aproxima e eles mudam de assunto. Eles pedem vinho.

Homem desconhecido: hoje teremos alguma apresentação ao vivo?

Garçon: Não senhor. A dançarina não pode vir por estar indisposta.

Homem desconhecido: é uma pena.

Quando o gançon se fasta eles continuam. Pela conversa você tem a impressão que as mulheres são cultistas, talves Rebanho. Quando acabam com a garrafa de vinho eles vão embora.
avatar
enxame de ratos
Admin
Admin

Mensagens : 207
Data de inscrição : 10/02/2010
Idade : 30
Localização : Distrito federal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Gallon em Dom Jul 11, 2010 6:36 am

*Não dava muita importância aos sujeitos que derrubaram os dançarinos do lado de fora, embora não tenha conseguido resistir da oportunidade de dar uma olhada rápida, logo volto a Margareth, tomava a frente de Brian fazia uma reverencia, me enclinando e me apresentava devidamente.*

-Perdoe-me. Sou Gallon, Portador da Luz Interior e um Ahroun.

*Logo que me apresentava ficava voltava a posição normal e falava um tanto desconfortavel ainda.*

-Na realidade Brian, veio aqui apenas para me auxiliar, faz muito tempo que eu e minha tribo estivemos afastadas. Bem de certa forma minha tribo continua afastada, estou aqui por conta propria. Então não sei ao certo como posso demostrar algum valor.

*Não imaginava o que poderia fazer para ser reconhecido entre os Roedores de Ossos, se pergunta-se a Brian ele provavelmente diria para trazer uma carne de segunda ou abrir um isopor com latas de cerveja ou parecido. Olhava para Brian como se prevesse o que ele pensava naquele momento, mais permanecia em silêncio. Voltando a olhar para Margareth.*
avatar
Gallon
Portadores da Luz Interior
Portadores da Luz Interior

Mensagens : 27
Data de inscrição : 23/06/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Beaumont em Seg Jul 12, 2010 1:59 pm

Na assembleia :

Garra de Fenrir seu companheiro cria de Fenrir de matilha , parecia estar envolvido em uma curiosa meta pessoal . Deus Veloz como seu companheiro de batalhas , aceitava com convicção ajuda-lo sem problemas .

Deus Veloz : - Pode contar comigo Garra de Fenrir, vamos reaver o fetiche perdido de sua tribo . E aproveitando isso podemos seguir o conselho de Morten . Os dia sdo apocalipse se aproximam , as vezes precisamos agradecer o tempo que nos resta ...

Por um unico instante Deus Veloz parecia estar um pouco desanimado , o Philadox era um dos muitos que tentavam entender o inicio que corrompeu a wyrm e desiquilibrou a triade em sua concepção a resposta entrava entre os vinculos da Wyrm e da weaver . Mas enquanto não descobria a resposta , o tempo iria se esgotando e o spreludios da profecia da Phenix eram cada ve zmais visados , restava apenas aproveitar a vida , como aqueles que agradeciam com aquele ritual . quando observava Sharon e via que haviam pessoas que ainda tentavam aproveitar aquele tempo que restava com alguma felicidade em si proprios .

Deus veloz : - Não vou recusar Sharon . Obrigado pela comida ...!!Muito boa essa Moela !!


Deus Veloz Big Joe criar o grupo para poderem ir .
------------------------------------------------------------------------------------------------

Semana Seguinte .

A conversa perpetuava e Deuz Veloz parado mantinha-se a escutar . Em seus pensamentos matutava tentando conciliar a conversa ao que Nathifa havia lhe contado .

Deus Veloz pensando : - "Por que ele estaria enteressado na prima de Nathifa , ele parece bem iteligente para ser apenas um pobre assassino contratado ... Suas palavras são de alguem de personalidade forte e manipulador , conseguiu fazer as mulheres ficarem interessadas por ele . Será mais dificil realizar um ataque sem quebrar o veu caso elas desconheçam nossa identidade . Preciso ser cauteloso ."

O homem parecia decepcionado ao ver que a prima de Nathifa não vinha . Se levantava indo embora até meio que cedo demais . Talvez as duas moças ja fossem o suficiente . Deus Veloz era obrigado a se movimentar para segui-lo mas fazia isso a espreita , aproveitava a noite para ser furtvo . Usava os becos das ruas para melhor se ocultar . Aproveitava do dom do Silencio para se mostrar aind amais furtivo . Caso O homem tenha saido pela porta da frente deus Veloz fazia um sinal para Nathifa para que tambem o seguisse a espreita apontand furtivamente para o cara .

(Dom do silencio nivel 1 des5 furtividade 4)
avatar
Beaumont
Admin
Admin

Mensagens : 212
Data de inscrição : 03/01/2009
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Shirou Assamia em Seg Jul 12, 2010 10:02 pm

Victor olhav a sua volta e baixava a guarda agora ele não precisaria mais manter a sua postura de briga e graças aos ferimentos ele baixava até demais a guarda

O homem que carregava o banjo e o violão se aprocima do Cria de Fenris e analiza seus ferimentos.
-- Eu sou o Caipira Galiard Roedor de Ossos Dueling Banjos. A garota é minha sobrinha Sharon. Ela é Parente dos Roedores de Ossos. Os outros são Kevin, Taylor, George, Wolf, Tony e Robinson.
-- Acho que vamos precisar purificar o seu ferimento. Se quizerem nos acompanhar podemos cuidar disso na assembléia.

- Eu sou Victor Khun, eu estava indo para essa mesma assembleia, mais vi o nosso "irmão" ali em risco e resolvi ajuda-lo, os ensinamentos do Grande Fenris nos dizem para ajudar um irmão que luta contra a Wyrm

Victor fintava rapidamente a jovem que conversava com o garouq ue ele acabara de ajudar

-- O tio Dueling Banjos está falando da Assembléia Tribal dos Roedores de Ossos, que está ocorrendo agora nos guetos da cidade. Ele veio dos Apalaches no sul dos Estados Unidos só para isso. O meu pai Big Joe e o tio Super Bowl estão lá e podem cuidar dos ferimentos de vocês. Querem nos acompanhar?

- Com prazer

Victor adentrava a Van e se acomodava de maneira a não causar mais dor devido o seu ferimento


Ficha de Salto-Feroz

ação Fala "pensamento" ação destacada
avatar
Shirou Assamia
Admin
Admin

Mensagens : 449
Data de inscrição : 11/07/2009
Idade : 31
Localização : Algum lugar do Brasil

Ver perfil do usuário http://www.orkut.com.br/Main#FullProfile.aspx?pcy=0&

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por *Naty* em Qui Jul 15, 2010 6:11 am

Bom pelo menos ele não tentou nada era comportado , primeiro passo para um bom cavalheirismo mas o papinho dele ... Morte e poligamia , desse geito os roedores iriam er problemas mesmo para arrumarem uma familia . - Que mente aberta vocês tem , não consigo me ver dividindo alguem meu com ninguem talves isso seja uma virtude os proprios roedores . Olha só acho que vou partir naquele trem , será que podemos terminar a dança do assassinado uma outra hora ? Agente se vê - Se isso era verdade ou não eu não sei , mas que eu precisava d eum bom motivo pra beber alguma coisa e sair daquele papo de poligamia ahhhhh isso sim . Se tivesse uma cerveja ou algo não muito forte eu tomava , depois eu me apresentava ao que gritou . - Tio ? Posso ir tambem ? -
avatar
*Naty*
Andarilhos do Asfalto
Andarilhos do Asfalto

Mensagens : 51
Data de inscrição : 30/01/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por enxame de ratos em Dom Jul 18, 2010 2:35 am

Gallon, Deus Veloz, Sombra do Velho, Garra de Fenris e Andarilha do Aço

A Regina Andarilha do aço pega uma cerveja, mas percebe que como todo lobisomem é muito mais resistente a bebida ou qualquer outra droga ou veneno comum que os humanos ou Parentes.

Na sociedade Garou existe uma série de regras além das leis da Litania com punições mais brandas. Uma delas diz que Garous e Parentes não devem ter filhos com humanos. E que Parentes devem sempre procurar parceiros entre Garous da mesma tribo. Já que quando um Parente se casa e tem filhos com um Garou de outra tribo ele troca de tribo. O problema é que para cada Garou no mundo existem nove Parentes. O que torna essas leis extremamente anacrônicas. Um problema para toda tribo que não tem raça pura. É por isso que os poucos Roedores de Ossos de seguem essa lei são poligamicos. No caso um Garou e vários Parentes. Tentando não entrar em um juíso de valor. Talvez seja muito forte dizer que toda lei da litania existe para ser quebrada, principamente com os rituais de punição dos lobisomens. Da mesma forma que os Philodox conhecem as regras para que elas sejam cumpridas, os Ragabash conhecem as exessões das regras.

Pense nos impuros que são estéreis. Eles não precisam se preocupar com a primeira lei da litania, que diz para não se acasalar com outro Garou. Já que acasalar implica em ter filhos. Digo o mesmo para os casos de casais Garous homoafetivos. E que mal ha do Parente de um lobisomem se casar com a Parente de outro lobisomem? Ou de um Parente se interressar por um Garou de outra tribo? E um lobisomem se interressar por um humano até que não é tão ruim assim.

E só para continuar a estória. O Parente Roedor de Ossos da música era completamente fiel a namorada. E a namorada era fiel a ele. As suspeitas indicam que ele foi morto por um Galliard Fianna. Mas o assacino não conseguil encontrar as partituras pois a vítima era um guitarrista de ouvido.

Margareth quebra nozes fala com Gallon: Então nascemos na mesma lua. Prazer em conhecê-lo Gallon. Os Portadores da Luz Interior serão sempre bem vindos aqui. Sem querer ofender, assumo que nunca tive a oportunidade anteriormente de conhecer pessoalmente um Portador da Interior Ocidental. Hoje acaba o inverno e começa a primavera. É nosso costume realizar um ritual periódico para celebrar essa data. Se trata de uma busca pela Umbra. Dessa vez um grupo está formado para tentar encontrar um Fetiche. Você poderia participar desa jornada, mas exatamente como posso te ajudar?

Morten realiza o ritual da herança no Garra de Fenris. Este ritual místico (nível um) genealógico é o favorito tanto de Skalds quanto de Forseti, apesar de que por razões ligeiramente diferentes. Alguns Fenrir usam para verificar a identidade dos descendentes de um herói antes de passar uma herança; outros para identificar o pai de um filhote impuro se nenhum se apresenta. O mestre do ritual retira o sangue do filhote com uma faca de prata e canta um longo repertório para os espíritos-ancestrais de sua tribo e quaisquer outros que possam estar zelando pelo filhote. Quando ele completa a canção, os espíritos-ancestrais sussurram a herança do filhote em seus ouvidos. O ritual revela os nomes de cinco gerações anteriores do Cria de Fenris (Raça pura 5).

Morten pergunta a um espírito: Onde está o Fetiche Martelo de Ferro que pertencia ao ancestral Fúria de Fenris?

O Theurge Cria de Fenris desenha um mapa que continha o caminho até o Fetiche usando o trem Umbral.

A Pizza que foi paga pela Regina chegou e foi usada para celebrar o ritual da Pizza. Esse é um ritual de pacto de roedores de ossos.

Big Joe: damos graças pela comida.

Isto é feito muito rápido, pois a maioria dos Roedores estavam absurdamente famintos por uma fatia quentinha de pizza. O Philodox de maior posto então declara a razão do por que a matilha temporária foi formada, que no caso é para encontrar o fetiche na Umbra. Enquanto devoram um bocado de comida, o grupo então coordena o plano. O ritual concede 10 dados temporários. Este dado temporário dura até que a matilha temporária atinja seu objetivo. Em qualquer teste que relaciona diretamente o objetivo a alcançar, um Garou pode gastar um desses dados temporários dos dados da pizza. O grupo inteiro divide os dados da pizza.
O Ritual da Pizza requer que cada participante use uma das Características abaixo ou, ao invés, evitar este custo confessando uma das Características negativas listadas.
Características: Valente, Carismático, Genial, Comandante, Empático, Amigável, Ingrato, Liderança e Finanças.
Características Negativas: Covarde, Dócil, Doente, Ingênuo, Impaciente e Submisso.

O Theurge Roedor de Ossos tio Super Bowl celebra o ritual periódico do novo despertar. E conduz os Garous reunidos para a Umbra através de uma poça de água. Atravessar a película é como sentir veludo. Vocês caminham pelos becos da cidade e entram na galeria do metrô. O Fianna Sombra do Velho estava completamente bêbado e falava como se estivesse vendo o tem Umbral. Ele chega a sentar em uma coisa invisível. Chegado lá vocês não conseguem ver o trem Umbral. Na verdade vocês nem mesmo acreditam que ele existe. Vocês acham um espírito da Weaver, a Barata, que é o Totem tribal dos Andarilhos do Asfalto. Ela estava conversando com o espírito de uma pílula de êxtase que estava caída no chão.

Barata: A Umbra é um lugar em que tudo pode acontecer, mas você tem que acreditar para ver o caminho.

Depois ela retira um relógio ao perceber que estava atrasada vai embora com os passos apressados.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Semana Seguinte:

O homem e as duas mulheres saem do restaurante e você passa a segui-los. Os três parecem não percebem que estão sendo seguidos. A escuridão faz com que você perca o rastro deles, é desse momento que Nathifa te encontra.

Nathifa: Venha por aqui, usei o Dom Faro para a forma verdadeira. Esse homem cheira a vampiro, mas não senti nada diferente nas duas mulheres.

Ele te aponta para um bêco prócimo a uma biblioteca. E nesse bêco você vê uma das mulheres que parecia hipinotizada pelo olhar do homem. Ela parecia pálida. Enquanto o vampiro prolongava 45 cm de sua língua com garfo navalhado e bebia o sangue da outra mulher. Por mais horrível que isso possa parecer, ele rendia sua vítima mortal indefesa, com medo e êxtase. Está escuro. Ao terminar sua refeição ele pergunta.

Vampiro: Quem está ai?
avatar
enxame de ratos
Admin
Admin

Mensagens : 207
Data de inscrição : 10/02/2010
Idade : 30
Localização : Distrito federal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por *Naty* em Dom Jul 18, 2010 9:20 am

"olhando desse angulo cerveja nem é tão forte assim , e antes que eu pensava que eu era dura na queda . Acho que era por isso que os garotos nunca conseguiem se aproveitar de mim nas ruas quando queriam me encher de vodka , aqueles safados que bom que não deu certo " Eu bebo mais uns goles jogando a lata no lixo enquanto espero a viagem , percebendo quanto aqueles roedores estavam famintos pela comida e a pizza que eu paguei - Hehe nossa , bon apeti , hehe por que não compram mais algumas ? hehe - entrego mais uns 100 dolares nossa meu salario estava indo mas seria falta de educação minha ir embora sem ajudar , e como um pedaço não muito da pizza pra não fazer desfeita , nem estava com fome mas achei que deveria fazer isso . Dou um tchauzinho e sigo para o metro , atravessar a umbra era um sensação estranha ainda pra mim . eu dificilmente fazia isso , se fiz foi umas duas ou tres vezes e isso com a companhia de Carlos meu aliado Andarilho , é a primeira vez que faço sozinha e como eu sei que sempre que atravesso isso acabo nua prefiro estar na forma crinos assim que chegar lá . pelo menos eu tenho um pouco mais de pelos pra me cobrir , odeio isso ... - Nossa que barata apressada não ? e então , a proposito sou a andarilha do aço e pedi para o super bowl para esta aqui com vocês , espero que não se importem .

Off: se possivel gasto 1 furia pra ficar na forma crinos sem precisar de testes .
avatar
*Naty*
Andarilhos do Asfalto
Andarilhos do Asfalto

Mensagens : 51
Data de inscrição : 30/01/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Beaumont em Ter Jul 20, 2010 12:06 pm

Big Joe: damos graças pela comida.

Deus Veloz : - Claro companheiro Big Joe , com certeza !!

Um boa abocanhada naquela suculenta Pizza , o Peregrino não dispensaa uma boa comida quando tinha a oportunidade de provar , talvez passar quase toda sua vida comendo ração no exercito tivesse deixado ele com um estomago pronto pra tudo . Ele devorava a fatia sem pestanejar e depressa . Perguntando par aGarra de Fenrir .

Deus Veloz : - Faz ideia de como é esse Fetiche ? Você o viu em seu pressagio ?


O Garou Peregrino estava disposto a ajudar seu companheiro de matilha , por isso já tentava entender a natureza do fetiche . Não conheci amuito sobre os fetiches dos Crias mas sabia o quao poderoso eles podiam ser . Eles caminhavam até atravessar a pelicula em direção da Penumbra . Um lugar de estado semelhante a "sombra" do plano fisico . Deus Veloz já parecia bem acostumado a fazer aquela passagem não muito diferente de qualquer viajante Peregrino . Com Suas roupas e sua pistola dedicada Deus Veloz já não se preocupava se perderia alguem enquanto fazia a passagem de um plano para outro , apenas observava o local quando se deparava com o espirito Totenico proprio dos Andarilhos do Asfalto .

Deus Veloz : - Por Favor , precisamos de sua atenção ! Espirito Totenico ! Precisamos achar o Trem Umbral , "senho?"


Deus Veloz ainda não perdia seus maneirismos e disciplinas militares, procurava de forma disciplinada chamar a atenção do espirito da Barata , mas talvez a pressa da Barata fosse muita ...

Deus Veloz : - Escutaram o que ele disse ?É uma mensagem em Codigo . "Você precisa acreditar para ver o Caminho"


Ele falava olhando para Sombra do Velho que parecia sentado em algum lugar completament ecrente do que estava fazendo . Não havia outra saida , Deus Veloz precisava tentar entender a cabeça do Bebado Fianna . Ele se tentava se sentar ao lado do Fianna .

Deus Veloz : - E então Fianna ? Preparado para partir para o "campo de Batalha" ?(apenas um termo usado tipo "ir para ação" e não o Reino umbral Campo de Batalha XDD)


--------------------------------------------------

A emboscada estava quase pronta , Deus Veloz seguia em passos silenciosos em direção ao suposto ser que estava causando problemas aos parentes de Nathifa , mas em meio a todos aqueles becos escuros , o peregrino perdia o mesmo de vista

Deus Veloz : - Eu falhei ... Huh??

Deus Veloz podia ter se perdido mas Nathifa não , o esperto Peregrino usava um dom e dava aos dois a chance d eterem certeza sobre a natureza do Vampiro em questão

Deus Veloz Sussurrando : - Então é ele o Sugador de Sangue ?Nathifa Veja aquilo !!


Deus Veloz parecia não acredita rno que via , um vampiro com uma lingua semelhante a de uma serpente , o modo como ele sugava o sangue era bem diferente do usual , não haviam presas fincadas nas vitimas , era um longa lingua que fisgava o corpo das moças e drenava seu sangue . Aquela Visão era sobrenatural mas o pior de tudo é que Ele havia persebido uma movimentação .

Deus Veloz Sussurrando : - Fique aqui , farei ele pensar que apenas eu estou seguindo-o , no momento oportuno você atacará ! Apenas espere eu atacar primeiro .

Deus Veloz Saia da sombra de um Beco com a sua pistola Colt MA11 (dano 5) mirando na cabeça do Vampiro , ele ainda estava longe mas aos poucos dav apassos para frente com a mira apontada , mas longe o suficiente para não se rpego pela lingua .

Deus Veloz : - Parado !!! Mas que diabos , você pensa que está fazendo ?!!!
avatar
Beaumont
Admin
Admin

Mensagens : 212
Data de inscrição : 03/01/2009
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Shirou Assamia em Qua Jul 21, 2010 7:04 pm

Garra apenas obeserva a tudo que acontecia ele ficava a observa que um dos ali presentes caminhava até ele e o cortava, e começava então um ritual, ele ficava interessado em saber pra se seria o ritual e se isso teria algo haver com a sua visão de um possivel antepassado e como que se ele tivesse feito uma pergunta ele escuta o "mestre" do ritual perguntando

Morten pergunta a um espírito: Onde está o Fetiche Martelo de Ferro que pertencia ao ancestral Fúria de Fenris?
"Realmente se trata da minha visão"

Garra olhava para o garou [Morten]- Senhor então vão me ajudar a encontrar o meu ancestral?

Ele logo via a pizza chegando e a essa hora e após a sua luta com os servos da wyrm a sua barriga já pedia por comida

Big Joe: damos graças pela comida.

Gara sem perde tempo pegava um pedaço daquela comida humana a qual ele não conhecia mais que tinha um cheiro que já lhe fazia salivar, e logo jogava o pedaço de pizza na boca.

- Hmm, muito bom, mais qual o nome dessa comida?

Garra logo via seu companheiro e matilha e se aproximava dele

Deus Veloz : - Faz ideia de como é esse Fetiche ? Você o viu em seu pressagio ?
- Sim GodSpeed, eu vi em uma visão um pouco enevoada, um garou segurando um martelo, esse garou me parecia conhecido, acho que seja um ancestral, não tenho todas as minhas memorias infelizmente, mais ele me passava uma vibração boa, e agradeço pela sua ajuda meu irmão!

Victor logo caminhava junto com GodSpeed atravessando a pelicula e entrando na Umbra, ele que talvez só tivesse cruzado para a Umbra uma unica vez antes dessa sentia um desconforto cruzadno esta pelicula que separava os 2mundos, ele olhava e não acreditava quando via o velho sentado em algo, mais ele não via nada além do velho "Mais como isso é possivel ele pareci está flutuando"
Ele logo via o Espirito da Barata e ela dizia algo que parecia ser um conselho
Barata: A Umbra é um lugar em que tudo pode acontecer, mas você tem que acreditar para ver o caminho.
"Será que isso é o segredo? Será que ali onde o velho está tem algo além dele, acho que sim pois ele não flutua"
Ele via que seu companheiro de matilha, indo até o velho e se sentando

"Hmm então deve mesmo ter algo ali, acho que é mais prudente eu também me sentar"

Garra logo ia até lá e procurava se sentar proximo a eles


Ficha de Salto-Feroz

ação Fala "pensamento" ação destacada
avatar
Shirou Assamia
Admin
Admin

Mensagens : 449
Data de inscrição : 11/07/2009
Idade : 31
Localização : Algum lugar do Brasil

Ver perfil do usuário http://www.orkut.com.br/Main#FullProfile.aspx?pcy=0&

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Gallon em Qua Jul 21, 2010 7:48 pm

*Olhava para Brian por um instante e voltava a olhar a enfitriam.*

-Primeiramente é uma honra conhece-la também. Bem, como Brian já veio a dizer estamos em busca de um grupo de Dançarinos da Espiral Negra, num entanto se existe uma chance de ir até a umbra eu estou realmente interessado em faze-lo. É uma oportunidade que ainda não tive e me sentiria honrado em seguir mesmo que apenas como observador o grupo.

*Virava para Brian e falava calmamente.*

-Perdoe-me mais por enquanto acho mais adequado seguir caminho com eles, não posso pedir que venha comigo... se entretenha com as festividades.

"Assim ele pode conseguir alguma informação enquanto verifico a Umbra desse lugar, provavelmente um lugar tomado pela Weaver como uma cidade é diferente da umbra dos montes isolados ou da floresta."

-Com sua licença!

*Fazia uma breve reverencia a Margareth e me dirigia ao grupo que estava lá enquanto o homem dava graça a comida, matinha-me em silêncio observando-os e seguia seus passos, não considerava uma boa hora para me apresentar adequadamente, seguiria eles e esperaria uma nova oportunidade. A umbra era um pouco mais impressionante do que imaginava a principio e era interessante encontra uma barata assim tão rápidamente, infelizmente não era para isso que estavamos lá. Mais o pequeno espirito havia dito algo que roubou minha atenção.*

Barata: A Umbra é um lugar em que tudo pode acontecer, mas você tem que acreditar para ver o caminho.

"Huumm... um enigma... ou estava falando literalmente. Eis algo a se pensar..."

*Acabava me perdendo em pensamentos, enquanto entrava no trem umbral, deveria haver algo naquelas palavras.*
avatar
Gallon
Portadores da Luz Interior
Portadores da Luz Interior

Mensagens : 27
Data de inscrição : 23/06/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por enxame de ratos em Sex Jul 23, 2010 1:57 am

Sombra do Velho, Garra de Fenris, Deus Veloz, Gallon, Regina Andarilha do aço:

O Theurge cria de fenris tinha um sério problema de equilíbrio devido a sua cicatriz no pescoço. É bem comum eles ficarem enforcados por uma semana tendo visões devido a falta de ar.

Morten na assembléia: O ritual da herança é um ritual dos crias de fenris. Ele geralmente é usado para descobrir quem é o pai de uma criança impura, já que não é justo só a mãe sofrer as consequências. Sem querer ofender, já que as crianças são inocentes pelas bobagens realizadas por seus pais. O ritual tambem é usado para confirmar a raça pura de um Garou ou Parente. Como você perdeu sua memória ele será usado de uma forma diferente. O martelo de ferro é um fetiche dos crias de fenris que sempre volta para as mãos de seu portador. Esse fetiche foi perdido no dia da morte do Fúria de fenris. Por isso pode acontecer de vocês encontrarem os restos mortais do fúria de fenris ou quem o matou durante essa jornada.

O tio Super Bowl ao perceber o desconforto de Regina por perder as roupas ao atravessar para umbra decide retirar alguma coisa de sua mochila. Era uma jaqueta Jeans empoeirada tamanho M. Algo que teoricamente não serviria em um Crinos, mas ao vesti-la ela se adapta perfeitamente ao seu tamanho. Era uma roupa dedicada.

Tio Super Bowl: Pronto, outra hora nós dedicamos as outras peças.

Deus Veloz caminha em direção ao foço do metrô e bate em uma parete invisível. A consistência parecia se metálica em uma parte e vidro em outra. Apalpando a estrutura encontra uma passagem por onde seria a porta. A barata estava certa, existia mesmo um chão ali.

O segundo a comprender o enigma foi o Garra de Fenris. Ao entrar na estrutura o trem Umbral fica completamente visível. Parecia um trem do metro comum.

Sombra do Velho: Bem vinda Andarilha do aço... Eu sou o Fianna Duncan Mac’Queinner, mais conhecido como Sombra do Velho... sou um ahroun... Essa bebida se chama raio branco... O próprio Dueling Banjo a destilou... Eu sou resistente a bebida, mas tenho que assumir que essa é forte (O Dom resistência a toxinas e a qualidade resistência ao álcool juntos não estão funcionando)... Foi ela que me permitiu ver o trem Umbral antes de todos...

A sombra de um homem parecia estar controlando o Trem Umbral.

-- Próxima parada Finlândia.
O trem parte. Era como estar em uma montanha russa, afinal esse era um atalho pela umbra. Quando vocês chegam o Fianna sai do trem já vomitando. O maquinista muda de forma ao vê-los sair, se transformando na quimera.


A Quimera é o totem da tribo Portadores da Luz interior. Esta criatura tem as patas traseiras de um bode enorme e as garras dianteiras de um leão muito grande. Ela tem asas de dragão e três cabeças: uma de bode, com chifres, uma de leão, sem juba, e a terceira de um dragão feroz. A quimera é um predador bizarro que caça no ar e na terra. Elas podem derrotar até mesmo os mais poderosos adversários sob uma saraivada de garras e presas. A quimera tem aproximadamente 1,50 m na altura dos ombros, sobre as quatro patas, e 3m de comprimento, mas pesa quase 2 toneladas. Sua cabeça de dragão é negra. Ela consegue metamorfosear-se em qualquer coisa que quizer. Ao encontrar com Gallon lhe consedeu um aumento da consiência de si mesmo ao soutar um rugido incompreencível.
Vocês saem da estação do metrô e chegam em um ambiente natural. Um cervo pastava. O Cervo é o Totem da Tribo Fianna. Enquanto o Fianna conversava com o servo uma coruja apareceu mais ao longe.



A Coruja é o totem da tribo Peregrinos Silenciosos. Ela passa uma hora com o peregrino silencioso lhe ensinando a se entregar mais ao se totem de matilha.

-- Owl.




Como o mapa indicava a umbra profunda o tio super bowl começa o ritual místico de iniciação. Este ritual pode ser realizado apenas no domínio de um Ádito. Ele permite que o Garou viaje para a Umbra Profunda. Para executar este ritual, o Garou precisa fazer uma trança com três fios de cabelo seus, três pedaços de fio de cobre e três galhos de hera ou outra planta trepadeira. Ocasionalmente substitui-se o cabelo e os fios de cobre por linhas de seda. Depois que a trança tiver sido tecida, o Garou a amarra em torno de seu próprio pulso e uiva três palavras de poder. Os Uktena costumam beber uma poção azeda que libera o espírito do Garou da Tellurian, enquanto os Fúrias Negras sempre realizam este ritual em grupos de três, jamais viajando sozinhos pela Umbra Profunda. Se a trança for destruída enquanto o Garou se encontrar na Umbra Profunda, o Garou recebe um Nível de Vitalidade de danos e, se não retornar imediatamente para a Umbra Rasa, corre o risco de se perder para sempre.

---------------------------------- ------------------------------------------

Deus Veloz semana seguinte:

O vampiro parece ter sangue egípcio, norte africano ou do Oriente Médio. Os cabelos tingidos de vermelho. Têm um gosto apurado para roupas e acessórios e têm um comportamento convidativo e dominante que fascina seus espectadores.

Deus Veloz : - Parado !!! Mas que diabos , você pensa que está fazendo ?!!!

Ao olhar para o Setita você percebe que ele tem o legendário olhar hipnótico da serpente. Os olhos do Setita se tornam cor de ouro, com grandes íris negras e os mortais próximos ao personagem se sentem estranhamente atraídos a ele. Um mortal que se depare com o olhar do vampiro fica imobilizado. Até que o vampiro tire os seus olhos da vítima mortal, a pessoa permanecerá congelada em seu lugar. Nenhum teste é necessário, mas este poder pode ser evitado se o mortal tomar cuidado para não olhar nos olhos do Setita.
Vampiros e outros seres sobrenaturais (lupinos, magos, etc.) também
podem ser afetados por este poder se o jogador do Setita testar com
sucesso sua Força de Vontade (dificuldade 9).
Setita teste força de vontade dificuldade 9.
9,2,4,3 = um sucesso.
Você está imobilizado, mas se você for atacado ou ferido de alguma forma, (como uma criatura sobrenatural) poderá usar um ponto de Força de Vontade para quebrar a magia.

Seguidor de set: Eu estou parado soldado.

Ao invocar o poder do seu Sangue, o vampiro transforma sua pele em um couro mosqueado e escamoso. Um vampiro nesta forma se torna mais macio e flexível. A linha do Guerreiro (uma linhagem de Setitas que aderem aos antigos códigos dos guerreiros egípcios) usa muito este poder.
O vampiro usa um ponto de sangue e um ponto de Força de Vontade. Sua pele começa a se tornar escamosa e mosqueada; esta habilidade, combinada com a maior flexibilidade do personagem, diminui a dificuldade da absorção de dano para 5. O vampiro pode usar seu Vigor para absorver danos agravados de garras e dentes, mas não de fogo, luz solar e outras energias mágicas. A boca do vampiro se amplia e seus dentes se prolongam, permitindo que suas mordidas causem um dado extra de dano. Finalmente, o vampiro pode deslizar através de qualquer entrada ampla o suficiente para que sua cabeça passe por ela.
A Aparência do vampiro cai para 1 e ele se torna obviamente não-humano, se observado com um pouco de atenção, embora transeuntes casuais possam não perceber se o vampiro estiver na escuridão ou usando roupas pesadas.

Nesse momento Nathifa ataca o vampiro com uma d’siah. O ataque acaba não sendo efetivo. Uma coisa curiosa é que o Peregrino havia vendado os próprios olhos para não olhar diretamente para os olhos do vampiro. Mas isso permitiu que o Theofídeo se distraísse e ao olhar para Nathifa te libertasse da hipinose.

A d’siah é uma faca com uma lâmina de sílex e curvada, como a lua crescente. A lâmina normalmente tem cerca de 20 cm de comprimento e 5 de largura. É usada principalmente para rasgar — apesar da borda externa ser bastante afiada, a borda interna pode ser afiada apenas na parte superior, ou não ser afiada, dependendo da habilidade do artesão. Quando a borda interna é afiada, o ponto delimitador pode ser usado para golpear no fim do ataque, como um contra-golpe. Em situações desesperadores, o ponto mais próximo à empunhadura pode ser usado para golpear um oponente quando em uma luta corpo-a-corpo. Pelo fato dessa faca exigir habilidade e treinamento para ser usada de maneira apropriada, a dificuldade do ataque é igual a 7. Causa um dano igual à Força. O espírito a guerra preso à lâmina, normalmente um da ninhada da Cobra, é de alguma forma mais sagaz que os espíritos normalmente presos em klaives — uma d’siah causa dano agravado apenas em criaturas maculadas pela Wyrm (use as mesmas diretrizes que o Dom: Sentir a Wyrm) e em qualquer tipo de espírito.
Além disso, após um ataque bem sucedido, o Peregrino pode ativar a d’siah para drenar um ponto de Gnose de seu oponente (ou um ponto de Essência dos espíritos). Por ser exigido um teste de Gnose, o
lobisomem não pode usar essa habilidade da arma no mesmo turno que gastar Fúria para ações extras.
A maior força da d’siah é direcionada contra os maiores inimigos dos Peregrinos: os vampiros do Egito e seus servos serpentiformes. O espírito cobra na lâmina golpeia violentamente contra seus
reflexos maculados, causando Força + 3 de dano agravado. Cada d’siah é uma arma fetiche — o sílex é afiado, mas uma lâmina desse tamanho invariavelmente quebraria se fosse submetida às manobras de combate sem um espírito para mantê-la intacta. Mesmo com a ajuda do espírito, uma d’siah pode se quebrar caso seja usado em
combate contra inimigos que usam armadura. Caso o jogador do usuário do fetiche tenha uma falha crítica em um ataque contra um oponente com armadura, o jogador deve testar a Gnose da lâmina contra uma dificuldade de 6. A lâmina se quebra se o teste falhar. A lâmina de sílex de uma d’siah não pode ser consertada, o personagem deve encontrar outra faca ou fazer uma trabalhando com a rocha, de preferência com o sílex egípcio. A habilidade de formar uma lâmina longa e curvada era rara até mesmo nos tempos antigos,
muito da arte foi perdida quando o bronze se tornou comum. Hoje em dia, Parentes dos Peregrinos Silenciosos, arqueólogos e pessoas com hobbies semelhantes, mantêm a habilidade viva, mas as d’siah se tornam mais raras a cada geração.


Última edição por enxame de ratos em Dom Set 19, 2010 8:00 pm, editado 1 vez(es)
avatar
enxame de ratos
Admin
Admin

Mensagens : 207
Data de inscrição : 10/02/2010
Idade : 30
Localização : Distrito federal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Beaumont em Sab Jul 24, 2010 1:22 am

Deus Veloz : - Huh ?

Ao bater na parede o peregrino parecia um tanto confuso , observava por alguns instantes já que não tinha absoluta certeza se havia desvendado o enigma do espirito totenico da barata . Contudo aos poucos ele começava a ter tanta certeza quando o bebado Fianna , um sorriso demonstrava que parecia satisfeito em ter conseguido entender o enigma .

Deus Veloz : - Heheh , Sombra do Velho talvez você devesse dar uma maneirada nesse "cantil" , vamos para o campo de guerra precisamos de você bem mais são ! heheh . Apenas um conselho não me leve a mal soldado!


Deus Veloz dava um tapainha nas costas do fianna , parece que sempre que ele via o garou , ele sempre estava com uma garrafa de alcool na mão . Deus Veloz se sentava assim que a viagem começasse antes que caisse com aquela estranha montanha russa de movimentos . Depois da turbulenta viagem pelo atalho o peregrino saia seguindo para o ambiente natural e diferentes dos outros garous o espirito da Coruja finalmente se encontrava com o Garou que tomava sua forma Crinos justamente para melhorar seu desempenho para a viagem ( qualidade metamorfo) .

Deus Veloz :- Finalmente nos encontramos ! Recebe o seu recado e estou pronto para ouvi-lo .


Ainda apegado as disciplinas de guerra , Deus Veloz batia continencia ao ver o espirito da coruja , um sinal de respeito de onde vinha mas que para o espirito totenico podia não ter nenhum efeito . O espirito em questão queria ensinar Deus Veloz da importancia da ligação entre os garous e um espirito guia , uma hora se passava e o garou peregrino agora estava mais ciente dos dogmas , Chiminages e da importancia de se tornar vinculado ao totem ao qual escolhera . Ele agradecia mais uma vez afirmando que precisava voltar a matilha temporaria para comcluir a viagem umbral que estava fazendo para conseguir devolta o fetiche de seu compranheiro de matilha Cria de Fenrir . E ao voltar via o Tio Super Bowl realizar o ritual que consitia em ua passagem um tanto mais segura para a umbra profunda .

Deus Veloz Pensando :- Nós vamos para a umbra profunda ?...

Aquele pensamento era de causar arrepios só de pensar ao peregrino. Deus Veloz podia ser um viajante nato desde sua epoca de fuzileiro mas havia certos lugares que causavam uma certa insegurança até mesmo nele e percorrer a umbra é quase sempre um tanto preocupant e, fosse para Deus Veloz ou qualquer outro peregrino que se preze ...
------------------------------------------------------------------------------------
Semana Seguinte

Após a ordem , Deus Veloz permanecia mirando , observativo como se quisesse analisar por um instante as intenções do inimigo . Sua etnia reveleva uma especie de vampiro ( por acaso Deus Veloz sabe que ele é um Seguidor de set ? Deus Veloz tem Ocultismo 2 e inteligencia 4 ) Aos poucos os movimentos de Deus Veloz é que ficavam paralisados naquela forma , a mirar sua pistola em direção ao vampiro . Deus Veloz bem que tentava se mexer mas suas ações pareciam presas por algum tipo de hipnose que forçava o peregrino a permanecer naquela posição até que ...

Deus Veloz Pensando : - Nathifa Não !!

Nathifa saltava sem hesitar , talvez sua raiva fosse muita por tudo o que aquele maldito sugador de sangue já havia feito , que ele havia ignorado o stigma de seu totem , o azar iria percegui-lo mas com isso o encanto da disciplina do seguidor de set havia quebrado . Os olhos de Deus Veloz se arregalavam e naquele momento Deus Veloz sabia que tinha de atacar . ( se for preciso gasto 1FDV pra ignorar a disciplina ) Dava um unico tiro na testa do vampiro .

(gasto 1 gnose e ativo o anel para ter 3 destreza 5 armas de fogo 5 ) gasto 1 FDV pra ter um sucesso automatico . Dano da Arma 5 . mirando na cabeça do Seguidor de Set .
avatar
Beaumont
Admin
Admin

Mensagens : 212
Data de inscrição : 03/01/2009
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por *Naty* em Dom Jul 25, 2010 7:20 am

Ah!Obrigada !"ainda existe cavalheirismo nesse mundo" ou foi isso que eu pude ver do velho tio super Bowl pelo menos . - Obrigada ! É que eu não sou muito acostumaa a isso ainda ! - Bom se eu ja tinha atravessado para lá uma ou duas vezes com Carlos isso é uma coisa , mesmo assim eu sempre prefiro ficar na forma animal pelo menos ninguem ve minhas "coisas" talvez eu devesse ficar com aquela jaqueta emprestada mais um tempo . Bom se eu fosse descrever o que via certamente poderia dizer que ia um grupo de inusitados tocar uma superficie que aparentemente não existia , mas já que estamos na umbra preciso concordar com aquela barata e tudo pode acontecer aqui , eles estavam corretos , precisavamos entrar na especie d etrem e atravessar em direção a um atalho , quando chegamos estavamos em uma especie de area bem mais natural , eu podia aspirar o cheiro da natureza , algo bem diferente do que eu jamais senti , toda aquela poluição urbana d evancouver simplesmente não existia ali . Era mesmo um belo lugar ! -Muito prazer Sombra do Velho que nome diferente ! Eu sou a andarilha do aço , prefiro me manter sobria por enquanto ha ! Então qual é a nossa proxima parada ? - Eu não podia deixar de notar aquelas estranhas criatura s, Cervos e Quimeras falantes , bom eu acho que tinha que me acostumar com o tempo , eu ja deveria saber que não era só o totem da barata que existia , quando me dei por mim o tio Super Bowl estava fazendo um estranho ritual , resolvi perguntar se ele queria ajuda . - Ei tio , quer um ajuda ai? Obrigada mais uma vez pela jaqueta !
avatar
*Naty*
Andarilhos do Asfalto
Andarilhos do Asfalto

Mensagens : 51
Data de inscrição : 30/01/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Shirou Assamia em Qua Jul 28, 2010 5:57 am

Morten na assembléia: O ritual da herança é um ritual dos crias de fenris. Ele geralmente é usado para descobrir quem é o pai de uma criança impura, já que não é justo só a mãe sofrer as consequências. Sem querer ofender, já que as crianças são inocentes pelas bobagens realizadas por seus pais. O ritual tambem é usado para confirmar a raça pura de um Garou ou Parente. Como você perdeu sua memória ele será usado de uma forma diferente. O martelo de ferro é um fetiche dos crias de fenris que sempre volta para as mãos de seu portador. Esse fetiche foi perdido no dia da morte do Fúria de fenris. Por isso pode acontecer de vocês encontrarem os restos mortais do fúria de fenris ou quem o matou durante essa jornada.

Victor olhava para ele e logo se punha a falar
- Hmm, então podes me ensinar este ritual? Eu tenho interesse em aprender tal ritual, para assim poder ajudar outros que assim como eu não se recordão de seu passado Victor olhava para ele aguardando a sua resposta. . .


Victor se mantinha observado o que o garou fazia, durante a viagem no trem umbral ele permanecia calado pensando sobre o que havia visto a imagem do garou segunrando o martelo agora voltava com força em sua mente e algumas perguntas vinham junto "Será que meus antepassados eram fortes? Plo que percebo eles tinham algum nível de respeito perantes os demais já que vão me ajudar a encontrar os restos do meu parente, será que esse tal martelo de ferro é um item tão poderoso assim?"

Ele nem percebia que o Trem estava parando e os demais saiam, ele saia por ultimo e logo via o maquinista se transformando em uma quimera ele obsevará com atenção "Nossa será que em toda nossa jornada irei voltar a vê outras criaturas tão interessantes assim?"

Ele via o garou iniciando um novo ritual dessa vez ele falava sobre ir a umbral profunda. . .
- Quais as precauções que devemos tomar lá na Umbra profunda?


Ficha de Salto-Feroz

ação Fala "pensamento" ação destacada
avatar
Shirou Assamia
Admin
Admin

Mensagens : 449
Data de inscrição : 11/07/2009
Idade : 31
Localização : Algum lugar do Brasil

Ver perfil do usuário http://www.orkut.com.br/Main#FullProfile.aspx?pcy=0&

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Gallon em Qua Jul 28, 2010 6:05 pm

*Ao encontrar o totem de minha tribo naquele lugar me sentia muito mais avontade e lhe fazia uma breve reverencia, mais minha obrigações agora não estavam para com a tribo ou mesmo meus proprios desejos, tinha outra função a ser feita no momento portanto seguia os demais companheiros, conforme outros espiritos pareciam curiosos pelo nosso movimento na umbra rasa. Porém era hora de um novo ritual, iriamos para a Umbra profunda.*

"A umbra profunda... seja lá o fetiche que seja, para ter sido perdido na umbra profunda, seu usuario sem duvida era forte ou imensamente tolo."

-Se nosso caminho segue pela umbra profunda, acho melhor que todos estejamos preparados.

"Especialmente porque o portador do fetiche morreu por lá. Acredito que venhamos a passar pela periferia primeiro... não acho que esteja pronto para ir mais ao fundo."


*Parava para meditar enquanto o Tio Super Bowl realizava o ritual, queria estar com a mente limpa de qualquer pensamento desnecessario ao entrar dentro da umbra profunda, não importando aonde fossemos.*
avatar
Gallon
Portadores da Luz Interior
Portadores da Luz Interior

Mensagens : 27
Data de inscrição : 23/06/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por enxame de ratos em Qui Jul 29, 2010 8:32 pm

Leo Navarro "Corre com os Lobos", Deus Veloz, Regina Andarilha do aço, Sombra do Velho, Garra de Fenris, Gallon na assembléia dos Roedores de ossos:

Um caçador de lobisomens escolheu Leo Navarro “Corre com os Lobos” como sua presa, convencido que o Peregrino Silencioso é um mostro legendário caçador de seres humanos.

A sua mãe, uma Parente, pode ficar em perigo por causa desse caçador caso você volte para casa.

Embora o Motoqueiro queira a destruição de todos os lobisomens, ele se foca primariamente em você.

Como o destino queira, o Delírio não faz efeito em seu perseguidor. Ele também é inteligente e astuto, muito mais propenso a colocar armadilhas desagradáveis para você do que a cair em qualquer armadilha que você coloque no caminho dele.

Tentando despistar o caçador para formar uma matilha você saiu da América em direção ao Canadá. E encontrou na cidade de Vancouver abrigo oferecido pelas Parentes de um de seus companheiros de tribo, o velho Peregrino silencioso Ragabahs Akila que é tio de Nathifa.

Era o último dia de inverno.

Akila, a Parente mulher do Akila chamada Haqikah, o Philodox Nathifa, a Parente irmã do Nathifa chamada Jamila e a Parente filha do Akila chamada Sanura te levão para uma assembléia de roedores de ossos.

Sanura é uma dançarina de dança do ventre profissional.

Haqikah é uma mestre de cozinha que tem um restaurante de comida tradicional.

Jamila é uma veterinária especializada em lobos. É muito comum os Parentes escolherem profissões que podem vir a ser úteis aos lobisomens. Ela que cuida da saúde dos Parentes Lupinos dos Peregrinos silenciosos.

Nathifa tem um filho com menos de um ano de idade mas você ainda não foi apresentado a mãe da criança.

Nathifa parecia distraido observando uma loba com seus três filhotes, enquanto você ouvia a história sobre um Roedor de Ossos Ragabahs que morreu como heroi contada por um Peregrino Silencioso Philodox chamado Deus Veloz.

Durante a assembléia uma matilha temporária foi formada por Sombra do Velho, Regina andarilha do aço e Gallon. Com o objetivo de ajudar Garra de Fenris e Deus Veloz que pertencem a uma matilha vinculada ao toten do Fenris a encontrar um Fetiche chamado Martelo de Ferro na Umbra.

O theurge Roedor de Ossos Tio super Bowl pergunta em voz alta se mais alguêm quer ajudar na jornada.

Os interessados devem comer uma fatia de uma Pizza que estava sendo distribuida por uma linda Parente de Roedores de Ossos chamada Sharon e partir com o grupo em direção ao misterioso Trem Umbral.

- Hmm, então podes me ensinar este ritual? Eu tenho interesse em aprender tal ritual, para assim poder ajudar outros que assim como eu não se recordão de seu passado.

Theurge Cria de Fenris Morten O Enforcado: O ritual da Herança é um ritual místico que leva uma semana para ser aprendido. Qualquer Garou pode aprender os rituais místicos, mas como é um ritual específico da tribo Cria de Fenris e apenas os membros da tribo podem aprende-lo. Posso sim te ensinar esse ritual. É claro que pedirei algo em troca.

A quinta geração anterior do Garra de Fenris: Ancestral Fúria de Fenris, ou seja, o seu tatataravô. Ele era um Ahroun que nasceu durante um eclipse lunar a 100 verões atrás. Os eclipses da lua só ocorrem durante a lua cheia. Isso significa
que qualquer Garou nascido durante um eclipse é um Ahroun. Ele carregava uma curiosidade raramente vista nos lua cheia. Ele se apoiava na furtividade ao invés do combate direto e era um brilhante estrategista. Era um lobo bem humorado que viveu muito pouco tempo.

-- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- --
Leo Navarro "Corre com os Lobos",Deus Veloz, Regina Andarilha do aço, Sombra do Velho, Garra de Fenris, Gallon na Umbra:

Vocês atravessam a película em direção a Umbra rasa e na estação do metrô entram no trem Umbral que os leva por um atalho em direção a Finlândia. Quando saem do trêm Leo Navarro vê Deus Veloz conversando com o Totem tribal dos Peregrinos Sileciosos, a Coruja.

Tio super Bolw: Aconteça o que acontecer, se a trança que estou amarrando nos seus pulsos for destruida vocês devem retornar imediatamente para a Umbra rasa. Se não fizerem isso ficaram perdidos na Umbra Profunda.
-- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- --

Deus Veloz semana seguinte:

Deuz veloz rolou seis dados, inteligência 4 + ocultismo 2, ao ver o vampiro realizar as disciplinas. Dificuldade 6.
6,2,4,3,5 = um sucesso.
Você sabe que se trata de um Seguidor de set.

O gasto de força de vontade te permitiu se libertar da disciplina.

Deus Veloz rolou 14 dados (Destreza 5 +3 + armas de fogo 5), por ter mirado por dois turnos soma-se também o 1 de percepção. Para atirar com uma pistola semi-automática de grosso calibre. Dificuldade 6.
1,3,2,5,4,6,7,6,5,9,4,8,3,10,2 = cinco sucessos.
5 de dano.

O seguidor de set ataca com sucesso Nathifa com sua comprida lingua. O ataque causa um corte do jovens descendente de Egipicios.

Seguidor de set vigora dificuldade 5.
5,6,3 = dois sucessos.
Está ferido gravemente.

-- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- --

Renome:
Sombra do Velho:

Glória 1/1
Honra 0/2
Sabedoria 0/-1

Sobreviver a um ataque tóxico glória 0/2.
Renome proteger um ser humano indefeso honra 0/2.
Atacar um lacaio da Wyrm sem preocupar-se com sua segurança pessoal glória 0/3.
Derrotar um lacaio da Wyrm poderoso (uma matilha de dançarinos da aspiral negra) glória 0/5.
Destruir ou matar a ameaça em questão glória 0/+1.
Viver sozinho, sem uma matilha exceto por razões rituais sabedoria 0/-3.
Manter um bom relacionamento com Parentes próximos sabedoria 0/2.

Garra de Fenris:

Glória 1/1
Honra 0/2
Sabedoria 0/2

Sobreviver a um ataque tóxico glória 0/2.
Renome proteger um ser humano indefeso honra 0/2.
Atacar um lacaio da Wyrm sem preocupar-se com sua segurança pessoal glória 0/3.
Derrotar um lacaio da Wyrm poderoso (uma matilha de dançarinos da aspiral negra) glória 0/5.
Destruir ou matar a ameaça em questão glória 0/+1.
Manter um bom relacionamento com Parentes próximos sabedoria 0/2.

Deus Veloz:

Glória 0/1
Honra
Sabedoria 0/5

Aprender um novo ritual renome sabedoria 0/1.
Contar uma boa história em uma assembléia glória 0/1 e sabedoria 0/2.
Manter um bom relacionamento com Parentes próximos sabedoria 0/2.

Shina Silverglaive Sköll:
Gallon:
Regina Andarilha do aço:
Leo "Corre com os lobos":


-- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- --- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- --

Antecedentes:

Sombra do Velho: Um ponto de contato, o Galliard Duelling Banjos.
Um ponto de Totem.

Garra de Fenris: Um ponto de mentor, o Theurge Cria de Fenris Morten O Enforcado.

Regina Andarilha do aço: Um ponto de totem.

Gallon:Um ponto de totem.

Shina Silverglaive Sköll: Um ponto de Aliado, seu irmão gêmeo bivitelino Boris. Ele é um lupino Presa de Prata Ahroun que mora em Nova Iorque.

Leo "Corre com os Lobos": Um ponto de Totem.

Deus Veloz:
Um ponto de aliado, o philodox Hominídeo Roedor de Ossos do campo sentinela da estrada Big Joe.
Dois pontos de mentor, o philodox Peregrino Silencioso hominídeo Nathifa.
Um ponto de totem.

-- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- --
Rituais aprendidos:
Deus Veloz: O Ritual de pacto, Ritual de purificação de nível um.

-- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- -- --

Agora a crônica da cidade da zona baixa, nos guetos da cidade, passa para a sua segunda parte. E continua normalmente.


Última edição por enxame de ratos em Sab Jul 31, 2010 1:44 am, editado 1 vez(es)
avatar
enxame de ratos
Admin
Admin

Mensagens : 207
Data de inscrição : 10/02/2010
Idade : 30
Localização : Distrito federal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por CorreComOsLobos em Sex Jul 30, 2010 10:10 pm

(Pensamento)
(Minha Fala)
(Fala dos outros)
(Acontecimentos/Ação)

As coisas estavam realmente "fodas", por três meses fui seguido por aquele caçador louco, o desgraçado parece que tinha me seguido como se enxergasse um rastro umbral, tinha motoqueiros da sua gang como contatos e sempre conseguia escapar das dificuldades colocadas no seu caminho. Decidi ir para o Canadá para escapar dele. Graças a grande Mãe minha sorte mudou em Vancouver, achei que por lá ia encontrar mais problemas, mas encontrei bons garous e parentes dispostos a me ajudar. Finalmente parece que encontrei o lugar que o Totem da Seita da Neve Azul havia mencionado, escutando com atenção um Roedor de Ossos convocar ajuda em uma jornada Umbra.

Tio super Bowl diz: - Alguém mais quer ajudar nessa busca distante?

-Tenho um pouco de conhecimento umbral, estou disposto a ajudar.

Isso pelo menos vai me levar para longe daquele caçador, assim pensa um lado mais cínico na mente de Leo.

Assim Leo come um pedaço de uma pizza oferecida por uma parente exótica. Logo depois todos vão pela umbra para uma estranha estação de Trem, pelo que falaram ele pode viajar até para outros continentes distante na Umbra. A viagem não se compara com nada que Corre com Lobos já sentiu, logo eles descem do trem e Leo se sente meio desnorteado. Mas Leo vê um outro peregrino bem mais velho que estava com eles conversar com a Coruja e fica curioso, mas não vai se meter numa conversa que não foi convidado. O Roedor Tio Super Bolw chega perto de Leo e pede para ele arrancar uns fios de cabelo para fazer um fetiche ou coisa do tipo, logo o Tio amarra uma trança no seu pulso.

Tio super Bolw: - Aconteça o que acontecer, se a trança que estou amarrando nos seus pulsos for destruída vocês devem retornar imediatamente para a Umbra rasa. Se não fizerem isso ficaram perdidos na Umbra Profunda.



CorreComOsLobos

Mensagens : 262
Data de inscrição : 27/07/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Beaumont em Sab Jul 31, 2010 11:34 am

O Totem da Coruja podia se robservador e silencioso , isso apenas provava ao Peregrino que o tempo todo ele podia estar sendo observado pelo Espirito da Coruja aquele tempo todo . Mesmo assim ele não havia voltado atras em suas ações , ajudava aos Roedores mesmo com um passado estranho que envolvia tanto Os peregrinos quanto os Roedores e dessa vez parecia queo Tio Super Bowl era quem ajudava o Peregrino e sua matilha a encontrar o Fetiche perdido pelo Ancestral de Garra de Fenrir . Deus Veloz voltava para proximo do Tio Super Bowl enquanto ouvia suas palavras .

Deus Veloz :- Entendido a ordem "sr" ! ( Uma leve continencia) Seguir para Umbra profunda pode um pouco mais perigoso par aos filhotes , "cadetes !" Prestem atenção no que o Super Bowl diz , isso é importante .


Deus Veloz particularmente estav apreocupado em levar filhotes para a umbra Profunda , mas não era ele quem ditava as ordens ali , Deus Veloz apenas podia obdecer ...

-----------------------------------------------------------------------------------------
Dia Seguinte:

a Lingua do Setista perfurava cortando a pele de Nathifa apenas com um unico Golpe . Por incrivel que pareça a lingua era tão afiada quanto qualquer navalha e não podia ser regenerada por Nathifa , aquilo certamente era de impressionar o Peregrino , que não podia mais Hesitar agora .

Deus Veloz : - Ahgh ! - ( Mais dois Tiros disparados gastando 1 de furia tiro na cabeça destreza 5 armas de fogo 5)


As balas vizavam acertar o cranio da estranha criatura semelhante a cobra . O vampiro tinha traços viscosos ejá não parecia mais como um vampiro qualquer , Deus Veloz apenas tinha visto criaturas assim no tempo de sua primeira mudança enquanto conheci apouco sobre o mundo que o cercava . Após os tiros caso o vampiro tenha caido no chão ele ainda mantinha a mira voltava para o vampiro para certificar-se que a criatura tinha allcançado o conhecido torpor dos vampiros . Caso ela ainda estivesse de pe , Deus Veloz tentaria se aproximar de Nathifa para providenciar-lhe um pouco mais de proteção ao seu amigo ferido .
avatar
Beaumont
Admin
Admin

Mensagens : 212
Data de inscrição : 03/01/2009
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por eriksantosbarbalho em Sab Jul 31, 2010 1:51 pm

Oi eu gostaria de participar da segunda parte da cronica guetos da cidade?
avatar
eriksantosbarbalho
Roedores de Ossos
Roedores de Ossos

Mensagens : 14
Data de inscrição : 14/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Shirou Assamia em Seg Ago 02, 2010 11:01 pm

Theurge Cria de Fenris Morten O Enforcado: O ritual da Herança é um ritual místico que leva uma semana para ser aprendido. Qualquer Garou pode aprender os rituais místicos, mas como é um ritual específico da tribo Cria de Fenris e apenas os membros da tribo podem aprende-lo. Posso sim te ensinar esse ritual. É claro que pedirei algo em troca.

Victor ouvia atento
-Sim já era de se esperar, mais pode me pedir que eu irei fazer, desejo ajudar aos demais que tem o mesmo problema que eu! Victor olhava pra ele com uma expressão confiante - Senhor sem querer ser rude mais eu posso lhe garantir que mesmo que o teste seja dificil eu irei realizar! Fenris é meu patrono e não temo nada além da desonra de falhar! Victor tinha um certo brilho no olhar, um brilho de confiança em alcançar o objetivo

Ele logo ouvia as intruções de Tio Super Bowl

Tio super Bolw: Aconteça o que acontecer, se a trança que estou amarrando nos seus pulsos for destruida vocês devem retornar imediatamente para a Umbra rasa. Se não fizerem isso ficaram perdidos na Umbra Profunda.

Victor ouvia as intruções com atenção e logo se certificava que a trança estava bem amarrada.
"Espero encontrar o nosso objetivo aqui e retornamos todos em segurança!"


Ficha de Salto-Feroz

ação Fala "pensamento" ação destacada
avatar
Shirou Assamia
Admin
Admin

Mensagens : 449
Data de inscrição : 11/07/2009
Idade : 31
Localização : Algum lugar do Brasil

Ver perfil do usuário http://www.orkut.com.br/Main#FullProfile.aspx?pcy=0&

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gueto da Cidade

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum